Exame.com aponta Paranavaí como uma das 50 cidades mais desenvolvidas do Brasil

Redação
07/01/2016

A Revista Exame, em sua versão online (Exame.com) publicou nesta quarta-feira (6) o destaque para as 50 cidades mais desenvolvidas do Brasil, segundo a Firjan (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro). Paranavaí aparece na 41ª posição no país e é também a 5ª cidade do Paraná com melhor IFDM (Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal) – índice que avalia as condições de Educação, Saúde, Emprego e Renda dos 5.565 municípios brasileiros

A reportagem aponta o Estado de São Paulo como o mais rico da federação, e o que congrega o maior número de cidades com um elevado índice de desenvolvimento. Mas é de uma cidade de pouco mais de 30 mil habitantes no sudoeste de Minas Gerais o título de cidade mais desenvolvida do Brasil, segundo o índice – Extrema (MG).

Segundo o levantamento, realizado pelo Sistema FIRJAN (Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro), Paranavaí tem um IFDM de 0,8672, em uma escala que varia de 0 (mínimo) a 1 ponto (máximo), e um nível considerado de alto desenvolvimento (resultados superiores a 0,8 pontos). Sendo assim, a cidade aparece entre os 431 municípios brasileiros que possuem um índice de desenvolvimento considerado elevado pelo estudo – ou o equivalente a 7,8% do total analisado. Além disso, Paranavaí tem um IFDM 16% maior que a o índice nacional geral, que é de 0,7441.

Esta pontuação é relativa ao índice de 2013. O último resultado divulgado foi o IFDM de 2011, quando Paranavaí já aparecia em 10º no ranking nacional, com alto desenvolvimento e índice de 0,8289, o que confirma a evolução constante do município com um crescimento de 4,6% no período.

Das 3 áreas avaliadas, o melhor desempenho foi na Saúde, que conseguiu ampliar em 6,97% o índice que era de 0,8663 em 2011, passou para 0,8935 em 2012 e, agora, marcou 0,9267 em 2013, ocupando a 41ª posição no ranking de Saúde no Paraná.

No quesito Educação, Paranavaí evoluiu 2,1%, o que leva o município a ocupar a 35º posição no ranking da Educação no Paraná. Com relação a área de Emprego e Renda, a evolução foi de 3% e o município ocupa a 13ª posição no ranking de Emprego e Renda no Paraná e 69º no Brasil.

CRITÉRIOS – Criado em 2008, o IFDM tem o objetivo de monitorar o desenvolvimento socioeconômico do país. Inspirado no IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), ele é feito, exclusivamente, com base em estatísticas públicas oficiais, disponibilizadas pelos ministérios do Trabalho, Educação e Saúde.

Entre as variáveis que compõem o cálculo do IFDM no segmento Emprego e Renda estão a geração de emprego formal, absorção da mão-de-obra local, geração de renda formal, salários médios do emprego formal e a desigualdade.

Na educação, os principais critérios são os números de matrículas na Educação Infantil, abandono no Ensino Fundamental, distorção idade-série no Ensino Fundamental, docentes com Ensino Superior no Ensino Fundamental, média de horas-aula diárias no Ensino Fundamental e resultado do IDEB no Ensino Fundamental.

Já no segmento da saúde o estudo leva em conta o número de consultas pré-natal, óbitos por causas mal definidas, óbitos infantis por causas evitáveis e Internação Sensível à Atenção Básica (ISAB).

Fonte: Site da Prefeitura de Paranavaí

nivaldo-santos

Leave a Reply