(foto via rede social)

Equipe ROTAM/8º BPM apreende arma e drogas após acompanhamento tático na PR 218

A equipe ROTAM do 8º Batalhão de Polícia Militar realizava um patrulhamento de rotina na última terça-feira (15/01/19), quando por volta das 15h30min no distrito de Quatro Marcos (Paranavaí), avistou um veículo Vectra de cor cinza em atitude suspeita na PR 218, os policiais tentaram realizar a abordagem, sendo que o condutor não obedeceu a ordem de parada e empreendeu fuga. A equipe ROTAM iniciou um acompanhamento tático com os sinais sonoros e luminosos ligados, mesmo assim o condutor do veículo Vectra não obedeceu a ordem e continuou em alta velocidade seguindo sentido a cidade de Amaporã colocando em risco à sua vida, dos demais ocupantes do veículo e de terceiros.

Ao chegar na cidade de Amaporã o GM/Vectra entrou em uma estrada de rural sem pavimentação e devido a sua alta velocidade o condutor perdeu o controle do veículo onde veio a colidir com um poste da rede elétrica e vários palanques de uma cerca. A equipe ROTAM que vinha logo atrás, mantendo uma distância segura, chegou rapidamente ao local da colisão, encontrando o veículo Vectra bastante danificado e no interior do carro dois homens e uma mulher que embora tivessem ferimentos visíveis saíram do veículo sem necessitarem de ajuda, porém de imediato foi solicitado pela ROTAM o apoio dos órgãos de saúde.

A equipe da Polícia Militar de Amaporã também compareceu no local para o suporte necessário. Foi realizada a busca nos ocupantes e no interior do veículo, sendo localizado no assoalho uma sacola de plástico contendo uma substância análoga a crack, sendo uma porção grande e outras menores com o peso aproximado de 40 gramas. O condutor do veículo identificado como R. R. M. (30 anos) disse ser proprietário da substância, com ele ainda foi localizado a quantia de oitocentos e noventa e um reais.

Os passageiros do veículo foram identificados como E. T. (33 anos) e uma menor (14 anos). Na casa da adolescente e namorada do condutor do veículo foi localizada uma arma de fogo de propriedade do mesmo (R.R.M.). O veículo Vectra que está no nome do condutor, que não possui CNH, não tinha pendências administrativas, porém por estar ligado diretamente com o crime de tráfico de drogas foi encaminhado para Delegacia da Polícia Civil de Paranavaí.

Os envolvidos no acidente foram encaminhados a Santa Casa de Paranavaí pelas equipes do SIATE e SAMU, posteriormente tiveram alta e foram encaminhados para Delegacia de Polícia Civil, juntamente com o dinheiro, drogas e arma de fogo.

O condutor do veículo R.R.M. deve responder pelos crimes de Posse ilegal de arma de fogo, tráfico de drogas, direção perigosa, desobediência e corrupção de menores. O passageiro E.T. deve responder pelos crimes de tráfico de drogas e corrupção de menores. Já a adolescentes pelos atos infracionais relacionados ao tráfico de drogas e posse de arma de fogo.

Fonte: Comunicação Social do 8° BPM.

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*