Imagem da Internet

PMDB transfere sede e prega protagonismo nas eleições

Uma solenidade com discursos de suas principais lideranças na cidade – com direito a oração, hino nacional, descerramento de placa e congraçamento – marcou na noite de quarta-feira (13) a transferência da sede do Diretório Municipal do PMDB de Paranavaí da esquina das ruas Manoel Ribas e Paraíba (altos) para a rua Amapá, nº 2330.
A tônica dos discursos foi a participação do partido nas últimas eleições municipais e nas eleições gerais do ano que vem. Neste item os discursos se concentraram em torno da candidatura do agropecuarista Waldemar Delatorre a deputado federal, não se fazendo referências a possíveis candidatos a deputado estadual. 
A ênfase foi dada à necessidade de Paranavaí e região terem deputado federal com domicílio aqui, embora seja reconhecido o trabalho de deputado de outras regiões em favor do Noroeste do Paraná centralizado por Paranavaí.
Para o presidente Waldir Tetilla – que deverá ser referendado na função na convenção marcada para o dia 22 de outubro – o PMDB deve ser protagonista nas eleições com seus candidatos. 
Para ele, é uma oportunidade para os pemedebistas debaterem os problemas nacionais e estaduais, mas também municipais, cada dia maiores e que levam ao sacrifício da população. 
Na mesma linha falaram o presidente anterior, ex-deputado estadual Eduardo Baggio, vereador Lucas Barone, coordenadora do Departamento Feminino, Sandra Gomes e o pré-candidato a deputado federal Waldemar Delatorre, todos com muitos elogios ao “presidente de honra do PMDB” local, Lauro Machado. 
Baggio recordou sua atuação como deputado estadual e sua admiração pelo senador Roberto Requião. 
Barone reforçou com exemplos sua atuação independente como vereador na Câmara Municipal e foi bastante aplaudido pelos presentes. Falou também sobre sua participação pela primeira vez como candidato a vereador e peemedebista.
Embora tivesse laços de amizade com outros candidatos a prefeito, foi fiel ao partido e, tal como na campanha, está mantendo a coerência e independência em relação à administração pública. 
Delatorre disse que aceitou o desafio de ser candidato a deputado federal pensando em dar sua parcela de trabalho e colaboração em favor do desenvolvimento dos municípios.
Como os demais, propõe-se a fazer uma intensa campanha para sugerir ao eleitorado uma análise profunda sobre os candidatos em todos os níveis, sendo vital descartar aqueles que estão aparecendo com envolvimento em irregularidades que têm causado tanto sofrimento à população e que não demonstram nenhum compromisso com a moral e a ética.
Os oradores também destacaram a presença feminina ao ato peemedebista. Pelo menos 45% dos presentes eram mulheres, o que reforça o trabalho do partido em ter a participação delas nas discussões em torno dos temas mais delicados do momento – educação, saúde, segurança, corrupção…

Fonte: Diário do Noroeste

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*