(Foto reprodução)

Comissão começa a discutir projeto para esportes paralímpicos em Paranavaí

Uma comissão formada por atletas, representantes do atletismo e do badminton e a equipe técnica da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer começou a discutir esta semana a implantação de modalidades esportivas paralímpicas em Paranavaí. Nesta sexta-feira (16) a Comissão se reuniu com o prefeito KIQ para apresentar as primeiras ideias do projeto e buscar apoio do município.

 

“Montamos um grupo no Whatsapp para que cada um buscasse e compartilhasse algumas informações e, neste primeiro momento, buscamos a anuência do prefeito para saber o que pode ser feito, como o município pode ajudar com o projeto. O esporte paralímpico pode ser trabalhado em várias modalidades, e em cada modalidade são diversas categorias. Podemos atender os deficientes visuais, deficientes intelectuais, amputados, cadeirantes, etc. Neste primeiro momento, talvez haja uma certa dificuldade para trabalharmos algumas categorias. Por isso, estamos pensando em um projeto piloto que possa atender a um público específico. Por termos mais acesso, as primeiras modalidades sugeridas são o atletismo e o badminton e, depois, vamos expandir para outras categorias. A ideia é dar oportunidade às pessoas com algum tipo de deficiência de praticarem esporte”, explicou o secretário de Esportes e Lazer, Rafael Octaviano.

 

O fisioterapeuta Andrey Campos Golias, que teve o pé amputado após um acidente automobilístico, falou da importância de dar acesso às pessoas que tenham interesse em praticar esportes paralímpicos. “É importante darmos o pontapé inicial, definir o que vamos poder atender. Eu sempre fui uma pessoa que fazia exercícios físicos por conta própria, e depois da amputação, comecei a sentir a necessidade de praticar um esporte adaptado à minha nova realidade. Conheci o técnico do time de badminton e fui chamado a conhecer o esporte. Então vislumbrei a possibilidade de trabalharmos esta modalidade no paralímpico. Eu quero contribuir, quero participar e quero ver as modalidades paralímpicas acontecerem em nossa cidade”, destacou.

 

O prefeito KIQ disse que quando soube da possibilidade de desenvolver um projeto de esportes paralímpicos em Paranavaí, “de imediato abracei a ideia. Claro que existem todas as questões técnicas, mas o poder público pode sim incentivar e dar apoio financeiro. Não é só uma questão de desenvolver um projeto esportivo, mas é todo um trabalho social, de inclusão, de valorização. A receita do município não aumentou, mas temos trabalhado com muito rigor na aplicação dos recursos e podemos destinar uma fatia para um projeto tão importante como este. Sabemos que não vai ser possível abraçar a todas as modalidades de uma vez, mas temos que começar com bastante foco e certamente vamos ter excelentes resultados”, afirmou.

 

Agora, a ideia da Comissão é fazer reuniões para definir como trabalhar com cada uma das categorias que existem dentro de cada modalidade e buscar parceiros que possam investir na manutenção do esporte paralímpico em Paranavaí.

Fonte: Prefeitura de Paranavaí

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*