João Roberto Viotto falou à reportagem do Diário do Noroeste sobre as suas prioridades. Uma delas é promover ações que levem os associados para “dentro da Aciap

Chapa única na eleição do presidente da Associação Comercial de Paranavaí

A Associação Comercial e Empresarial de Paranavaí (Aciap) elege hoje a sua nova diretoria. A eleição será aberta às 9 horas e fechada às 17 horas na sede da entidade, com participação aberta a todos os associados. Este encontro deve se configurar em espécie de aclamação, já que apenas uma chapa está inscrita para o pleito. A posse deve acontecer até o dia 27 de abril, em data a ser confirmada.  A chapa única que disputa o pleito é liderada pelo comerciante João Roberto Viotto, que já presidiu a entidade por dois mandatos. Ele substituirá o industrial Márcio Antônio Catiste. A pedido do DN Catiste fez um balanço da sua gestão. Apesar das dificuldades vividas pelo país, um saldo positivo, analisa. Conforme detalha o atual presidente, o mandato ficou a inovação, treinando e incentivando a classe através de dois programas. Um deles é o Inova Paranavaí, em parceria com o Sebrae e a cooperativa de crédito Sicoob Noroeste. Outro destaque é o PDE – Programa de Desenvolvimento Empresarial, cita o líder classista.O presidente reiterou que os resultados são satisfatórios, mesmo diante “da maior crise dos últimos 30 anos”, com reflexos direto na economia e vida das pessoas.

METAS PARA A NOVA GESTÃO – João Roberto Viotto também falou à reportagem sobre as prioridades. Uma delas é promover ações que levem os associados para “dentro da Aciap”. A capacitação de comerciantes e colaboradores permanece sendo um grande desafio, entende. Viotto lembra que todas as pesquisas mostram que a maior causa da evasão de consumidores para outros centros é o atendimento. “Vamos focar o atendimento”, sintetiza.Outra medida prioritária é a criação de um calçadão coberto, na área central da cidade. A Rua Getúlio Vargas pode ser uma opção, mas não a única. Para o futuro presidente, esse tema pede engajamento de todos.Por fim, Viotto entende que é preciso investir na decoração de Natal, atraindo as pessoas para passear e comprar. Ele defende que a cidade tenha uma decoração permanente, incrementada a cada ano. Cita o caso de Gramado, no Rio Grande do Sul, hoje uma referência para todo o país no tema. Neste caso é fundamental a parceria com a Prefeitura.As campanhas de fomento ao comércio também deverão passar por análise da classe. O futuro presidente entende que é preciso rever o formato, criando ações que despertem o interesse do cliente.

Fonte: Diário do Noroeste

parceiros 01

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*