Durante o período menstrual, variações de humor, cólicas e inchaço são muitos comuns. Para tratá-los, sem usar remédios, é necessário atentar à alimentação e às atividades físicas, por exemplo. (foto reprodução)

Soluções naturais para os principais problemas relacionados à menstruação

Da redação:

Quando a filósofa francesa Simone de Beauvoir escreveu o seu clássico O Segundo Sexo, em 1949, ainda se acreditava que as mulheres eram seres mais próximos dos animais, que elas não tinham uma racionalidade muito desenvolvida, por exemplo.

 

Beauvoir, como se sabe, rechaça esses mitos, mostrando que, na verdade, se a mulher é colocada em uma posição animalesca é por influência da cultura que a relega a papéis ligados, por exemplo, a um suposto instinto natural.  A filósofa diz que “ninguém nasce mulher, torna-se mulher”. Ou seja, o gênero feminino é ensinado a desempenhar papéis femininos.

 

Pode-se dizer também que, em algumas culturas, as mulheres não são incentivadas a conhecer o próprio corpo e os processos naturais que lhes acontecem. O ciclo menstrual e seus diversos sintomas, por exemplo, não são tão conhecidos por muitas mulheres. Mas, para ter qualidade de vida e se cuidar, é necessário conhecer o próprio corpo.

 

Nesse processo, muitas mulheres têm alegado a necessidade de se construir uma melhor relação com a menstruação, por exemplo. Elas observam que é necessário conhecer os principais sintomas e o ritmo do próprio organismo para definir as melhores maneiras de cuidar dele.

Cada organismo é um

É sempre muito importante lembrar que cada organismo é um, e que nem todas as mulheres apresentam os mesmos sintomas no período pré ou menstrual, por exemplo.

 

Há aquelas que não têm cólica menstrual, não têm grandes variações de humor, mas que têm muita dor nas costas por exemplo. Já outras podem sofrer com diversos sintomas, como as cólicas, as dores de cabeça e as mudanças de humor.

 

Sabendo disso, é muito importante que as mulheres conheçam o próprio ciclo e observem atentamente quais os principais sintomas. Somente dessa forma é que o autocuidado torna-se viável.

Como cuidar de sintomas clássicos da menstruação

Embora cada mulher passe por situações específicas durante a menstruação, há alguns sintomas, como cólicas, variação de humor, dores de cabeça, que podem acometer boa parte da população feminina. Mas como cuidar deles e não abusar dos remédios?

Variações de humor

Um dos principais sinais da proximidade do período menstrual é a variação de humor pela qual muitas mulheres passam. Muitas ficam irritadiças, outras ficam mais sensíveis e emotivas. Há aquelas que ficam mais ansiosas ou com um ânimo mais baixo.

 

Os ginecologistas entendem que essas alternâncias de humor acontecem por causa da grande variação de hormônios a que as mulheres estão submetidas durante o ciclo menstrual. As taxas de estrogênio, por exemplo, atingem picos altos e baixos; o mesmo acontece com o LH e a progesterona.

Como cuidar

Para equilibrar os níveis de hormônio, as mulheres podem realizar atividades físicas, por exemplo, que costumam ter o benefício de estabilizar as taxas hormonais. Além disso, o exercício também libera a endorfina, conhecida por ser o “hormônio do prazer”, promovendo um melhor bem-estar.

 

Investir em alimentos com cálcio, como leites e queijos, também ajuda a diminuir a sensação de fadiga e cansaço. Outra dica importante é evitar os alimentos que contêm cafeína.

Cólicas

Outro problema muito comum entre as mulheres durante o período menstrual são as cólicas. Elas acontecem por causa da presença excessiva de prostaglandinas, substâncias que são liberadas durante a menstruação.

Como cuidar

Para quem não gosta de tomar muitos remédios, a dica é fazer compressas de água quente, por exemplo. Quem não tem acessibilidade para adquirir uma bolsa, pode imergir uma toalha de banho em água quente e depois colocá-la na região das dores, o efeito é o mesmo.

 

Chás e outros alimentos quentes, como caldos e sopas, também ajudam a amenizar a dor na região da barriga.

Inchaço

Muitas mulheres também reclamam do inchaço durante a menstruação. A retenção de líquido costuma acontecer porque a progesterona, hormônio produzido principalmente pelos ovários, ativa a produção de outro hormônio, a aldosterona. Este, durante o ciclo menstrual, faz com que a mulher retenha mais líquido.

Como cuidar

Para cuidar do inchaço, é importante que a mulher não abuse de alimentos muito salgados, por exemplo, pois o sódio, em excesso, ajuda a reter o líquido. Líquidos que têm cafeína também devem ser evitados.

 

Outra solução é investir em bebidas e frutas diuréticas como chás de hibisco e porções de melão, por exemplo.

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*