SOCIEDADE CIVIL SE REUNE COM EMPRESA DE PLANEJAMENTO E LOGISTICA PARA DEFINIÇÕES DA DUPLICAÇÃO DA BR 376

Articulada pelo Dep Federal Luiz Nishimori que tem muito transito no Governo Federal e defensor da Rodovia do Agronegócio, ocorreu por videoconferência reunião na Podium Alimentos, com a estatal EPL-Empresa de Planejamento e Logística a qual centralizada os estudos para o novo Plano de Concessão de Rodovias do Paraná, o objetivo é aumentar as Rodovias sob concessão com Pedágios 60 a 70% mais baratos do que o atual.

 

A Sociedade Civil Organizada de Paranavaí e região do Extremo Noroeste defende há mais de 6 anos que ocorra a Duplicação da BR 376 de Paranavaí até o Porto São José, ligando até Taquarussu no Mato Grosso do Sul por uma Ponte sobre o Rio Paraná, com isso reduziria em mais de 120 km a distância entre nossa região e Dourados, Campo Grande e demais cidades do Estado vizinho que esta separado por um Rio. Sendo inconcebível para ir ao MS, passar por estradas vicinais, sem acostamento, passar sobre a Usina Hidrelétrica de Primavera no Estado de S. Paulo e percorrer 10km debaixo de uma gigantesca barragem até chegar ao Mato Grosso do Sul.

A Usina foi projetada nos anos 70, e inaugurada em 1980, quando eram raros Caminhões de mais de 30mil toneladas.
A EPL solicitou através do ofício nº 022/2020 que sejam elaborados o “estudo da capacidade da rodovia, a ser desenvolvido com base na metodologia do manual da capacidade HCM, daí será definido o número de faixas necessárias”. A Sociedade Civil esta a campo para atender os requisitos e conta com o apoio do DER-Noroeste, do Deputado Romanelli que é um batalhador neste processo, tendo participado da reunião também o Chefe do DER/Pr Dr Fernando Furiatti, o Eng Darlan Santana do DER-Noroeste e o Eng. Civil Paulo Fernando da UEM. Pela Sociedade Civil, Ivo Pierin Jr., Demerval Silvestre, Dante Ramos Jr e Edilson Avelar foram debatedores na Live.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Leave a Reply