Reconhecimento-Fundação Cultural homenageia Lorenzetti em seu último Femup como prefeito

Na última sexta-feira (18), a direção do 51º FEMUP prestou uma homenagem especial ao prefeito de Paranavaí, Rogério Lorenzetti. Das mãos da presidente do Conselho Municipal de Política Cultural, Cristiane Ribeiro o homenageado recebeu o troféu Natividade, carinhosamente conhecido como troféu “Barriguda”.

Segundo Amauri, várias conquistas no setor cultural foram implementadas a partir da atual gestão. “Citamos apenas algumas, como: O Projeto de Descentralização da Cultura, onde nossas oficinas livres passaram de 580 para mais 2.000 alunos nas Vilas Rurais, Distritos e bairros mais afastados do centro, mantendo ainda os atendimentos na Casa da Cultura e Escola de Música; A nossa sonhada Lei Municipal de Incentivo à Cultura, que por muitos anos era reivindicação de nossa classe e que até o momento distribuiu mais de 100 mil reais para projetos de artistas locais. Tentamos por muitas vezes, em outras gestões, a criação desta Lei, mas não conseguimos. O prefeito Rogério encampou nossa ideia, implementou e regulamentou a nossa Lei; O resgate e o retorno do Carnaval Popular e de Rua de Paranavaí, com a distribuição de prêmios para as melhores fantasias, desfile e a melhor marchinha carnavalesca; A reforma total da Escola de Música, que hoje realiza mais de 500 atendimentos por semana; O Fórum e o Sistema Municipal de Cultura, que inclui também o Conselho Municipal de Política Cultural, o Sistema Municipal de Informações e Indicadores Culturais, os Sistemas Municipais Setoriais de Cultura e o Plano Municipal de Cultura, conquistas desta gestão; O Projeto Clave de Luz, que ensina, profissionalmente e gratuitamente, música às crianças, jovens e adolescentes, hoje o projeto já se consolida com a Banda Sinfônica Clave de Luz, projeto coordenado pela nossa Orquestra de Sopros Paranavaí; e a Biblioteca Cidadã, em parceria com o Estado, que fica no Conjunto Tânia Mara” discorreu Martinelli.

E o presidente da Fundação Cultural continuou o discurso. “Ele é merecedor, pois, são muitos os motivos. Foram oito anos à frente da Prefeitura de Paranavaí e, muitas, muitas conquistas para a área da cultura, com atenção toda especial para o nosso movimento. Na maioria de nossos eventos culturais, podemos vê-lo na plateia, prestigiando nossas atividades não por obrigação política, mas, porque ele gosta, se sente bem”, ressaltou Amauri.

 

Fonte: SECOM

 

 

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*