Imagem Ilustrativa (Fonte: Tua Saúde)

Por telefone, bombeiro de Paranavaí ajuda mãe salvar criança engasgada, veja os detalhes

Uma menina com menos de 30 dias foi salva através de instruções repassadas por telefone. De um lado da linha estava a mãe da criança e do outro um integrante do Corpo de Bombeiros de Paranavaí. O episódio se deu  na noite do último domingo (27) depois que o bebê engasgou com o vômito.

Desesperada, a mãe ligou para o telefone 193 e disse que a filha não conseguia respirar. Pela descrição, a criança já estava cianótica (roxa pela falta de ar). O procedimento durou menos de cinco minutos e quando a menina chegou à Santa Casa já havia recuperado o fôlego.

De acordo com as informações do Corpo de Bombeiros, por volta das 21h50 o telefone foi acionado pelos pais da criança. A mãe explicou que a menina mamou e foi colocada para dormir. Instantes depois, percebeu que a criança estava roxa e não respirava.

O atendente orientou a mulher manter a calma e disse que era para deitar a filha em seu braço com a cabeça na mão e inclinada levemente para o chão. As costas ficaram viradas para cima e teve início o trabalho de compressão e batidas com o objetivo de desobstruir as vias aéreas.

Como o casal possui carro, o bombeiro orientou o pai a dirigir para a Santa Casa com o objetivo de agilizar o salvamento. “O deslocamento de uma ambulância até a residência iria deixar o socorro mais lento. Ficamos todo o trajeto da casa até o hospital orientando a mãe através do telefone celular. Quando eles chegaram à Santa Casa a menina já havia desengasgado”, disse o bombeiro Édi Carlos de Oliveira.

A menina nasceu no último dia 07 e mora com os pais no Jardim São Jorge, próximo ao Clube Harmonia. Ela foi atendida e recebeu alta na mesma noite.

Fonte: Diário do Noroeste
GTL-INFORMATICA-5

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*