O PDT pode ter candidato a prefeito. Atualmente na base aliada do prefeito Rogério Lorenzetti, o partido ainda busca nomes e não descarta a entrada de uma liderança de peso para pleitear o Poder Executivo

PDT se articula para as eleições deste ano

O Diretório Municipal do Partido Democrático Trabalhista (PDT) se articula para participar das eleições 2016 em Paranavaí. Neste pleito serão eleitos o prefeito, o vice-prefeito e dez vereadores.

Integrantes da direção pedetista estiveram ontem na redação do Diário do Noroeste, quando falaram dos planos para o pleito do próximo dia 02 de outubro. Foram recebidos pelo diretor Euclides Bogoni e pelo colunista e professor Saul Bogoni.

Atualmente sem bancada na Câmara, o partido quer retomar a sua condição anterior, quando elegia pelo menos um representante para o Legislativo. Nesta direção, a sigla buscou ampliar os quadros e hoje já tem chapa completa para a disputa, informa Assis de Souza, presidente do PDT.

Um dos recentes filiados é o secretário de Esporte e Lazer, Márcio Gonçalves, pré-candidato a vereador. Primeiro suplente do PMDB em 2012, Gonçalves é um dos mais cotados internamente. Ele confirmou que deixa a Secretaria nos próximos dias e passa a trabalhar na viabilização da candidatura.

A ideia de uma chapa forte de vereadores para reverter o cenário atual (sem bancada) é referendada também pelo professor Carlos Alberto João, integrante da direção pedetista. Ele diz que o PDT tem a meta ousada de fazer até três cadeiras, ou seja, 30% do Poder Legislativo paranavaiense.

PREFEITO – Mas, o PDT também pode ter candidato a prefeito. Atualmente na base aliada do prefeito Rogério Lorenzetti, o partido ainda busca nomes nos atuais quadros e não descarta a entrada de uma liderança de peso para pleitear a chefia do Poder Executivo.

Assis de Souza prefere não antecipar nomes, mas confirma que a direção tem mantido contato com lideranças. Admite que pode também compor com outros candidatos, dentro da base aliada de Lorenzetti.

Atualmente o PDT conta com o procurador do município, advogado Antônio Homero Madruga Chaves, além de outras funções estratégicas na administração, dentre elas, o diretor da Vigilância em Saúde, Randal Khalil Fadel.
GOVERNADOR – Enquanto trabalha questões locais relativas ao pleito deste ano, o PDT também trabalha a possibilidade de ter candidato a governador em 2018. A principal liderança no Paraná é o ex-senador Osmar Dias. No entanto, como admitem os paranavaienses, a eventual candidatura passa pelo sucesso nas eleições municipais.

Os integrantes do diretório destacaram ainda a importância do DN na divulgação dos assuntos importantes de Paranavaí e região. Também integraram o grupo pedetista na visita ao DN: Luiz Sérgio de Oliveira e Arquimedes do Amaral.

O diretor do DN, Euclides Bogoni, falou da responsabilidade do Jornal na divulgação dos fatos relevantes das cidades. No contexto político, o Diário do Noroeste cumpre a sua função de informar sobre a movimentação, contribuindo para que o eleitor faça a sua escolha livre e soberana em cada pleito. O DN completou 60 anos em 23 de outubro de 2015.

Fonte: Diário do Noroeste

PARCEIROS NOVOS

Leave a Reply