Paraná recomenda a quem viajou no feriado, especialmente para Santa Catarina, que faça teste RT-PCR

A grande circulação de paranaenses que visitam o Estado vizinho ou que possuem residências nos municípios catarinenses colocou a Sesa em alerta


PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

A Secretaria de Estado da Saúde do Paraná (Sesa-PR) emitiu uma nota pública, na noite desta segunda-feira (7), recomendando a realização de testes RT-PCR para as pessoas que viajaram especialmente para Santa Catarina no último feriado prolongado. A grande circulação de paranaenses que visitam o Estado vizinho ou que possuem residências nos municípios catarinenses colocou a Sesa em alerta.

(Foto: Pedro De Paula/Código 19/Folhapress)

“O cenário da pandemia ainda é muito crítico, especialmente com o alto número de casos confirmados da Covid-19, óbitos e da elevada taxa de ocupação de leitos hospitalares”, diz ainda o comunicado.

O secretário da Saúde, Beto Preto, afirmou que os deslocamentos para outros Estados podem fazer com que o vírus se espalhe ainda mais.

PUBLICIDADE

“Estamos com a transmissão franca e comunitária. E estes deslocamentos para outros Estados, principalmente de Santa Catarina, nos deixam vigilantes para que o vírus não seja espalhado ainda mais entre os paranaenses, principalmente quando vemos o momento preocupante que vivemos. Por isso, que as pessoas que se deslocaram, procurem a realização do teste e, em caso positivo, que façam o devido isolamento”, alertou o secretário.

Boletim

A Sesa divulgou nesta segunda-feira mais 3.289 casos confirmados e 100 mortes pela Covid-19 no Paraná. Os dados acumulados do monitoramento da doença mostram que o Estado soma 1.115.630 casos confirmados e 27.014 óbitos.

O informe relata ainda que 2.860 pacientes com diagnóstico confirmado estão internados. São 2.171 em leitos SUS ( 959 em UTI e 1.212 em enfermaria) e 689 em leitos da rede particular (382 em UTI e 307 em enfermaria).

Fonte: Banda B/foto reprodução

PUBLICIDADE

Leave a Reply