ruas do centro de BH Cidade planejada, Belo Horizonte tem diversas ruas que fazem referência a outros estados e cidades importantes do Brasil. (Foto reprodução)

O que você precisa saber sobre os nomes das ruas do centro de BH

Da redação:

Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, é uma das principais cidades do estado e também do Brasil. Ali se concentram indústrias e importantes órgãos públicos, além de universidades de renome internacional, como a Federal de Minas Gerais (UFMG) e a Pontifícia Universidade Católica (PUC-MG).

 

Segundo estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), a cidade conta hoje com mais de 2,5 milhões de habitantes. E segundo dados de 2010 do próprio IBGE, a densidade demográfica era de 7.167 habitantes por quilômetros quadrados.

 

Há quem precise conhecer Belo Horizonte por motivo de trabalho ou estudos. Mas há também quem só queira turistar pela cidade, que é considerada a capital do boteco, e, diriam os belo-horizontinos, da hospitalidade mineira.

 

Um fato curioso é que as ruas da capital mineira, sobretudo as da região central, fazem referência não apenas a personalidades importantes, como a estados e cidades do Brasil. Por isso, não se assuste se alguém mandar você subir a “São Paulo” ou ficar na “Rio de Janeiro”.  

BH é a primeira cidade planejada do Brasil

Os mineiros e, especialmente os ouro-pretanos, estão cansados de saber que Belo Horizonte foi uma cidade planejada, aliás, foi o primeiro município a ter um planejamento arquitetônico e urbanístico antes de ser habitado.

 

Os ouro-pretanos sabem dessa história porque a capital de Minas Gerais, até meados de 1890, era, justamente, Ouro Preto, antiga Vila Rica, que foi um dos principais centros econômicos do Brasil durante o período colonial.

 

Mas com o passar do tempo, alguns políticos mineiros começaram a advogar que a capital do estado deveria ser instalada em outro local e cidades como Barbacena, Juiz de Fora e Paraúna entraram na disputa.

 

No entanto, à época, decidiu-se que a capital se instalaria no Curral D’el Rey (hoje BH) que ficava a 100 km de Ouro Preto, ou seja, a transição seria mais fácil do ponto de vista logístico. 

Inauguração de BH

A capital do estado foi inicialmente projetada por Aarão Reis e conta-se que o seu projeto urbanístico foi inspirado em modernas cidades da Europa e dos Estados Unidos. De 1895 a 1897, o engenheiro Francisco de Paula Bicalho foi quem assumiu o projeto e acabou sendo o responsável técnico pela inauguração da cidade.

 

Ruas como a da Bahia e a Avenida Afonso Pena, uma das mais importantes de BH, foram as primeiras vias a serem inauguradas.

Centro de BH é marcado por nomes de estados

A região central de Belo Horizonte é marcada não apenas pelo intenso vai e vem de pedestres, carros e ônibus, mas também pelo nome no mínimo inusitado de grande parte das ruas.

Rua da Bahia, uma das mais antigas

A Rua da Bahia, por exemplo, uma das mais antigas e longas de BH, passa por importantes pontos turísticos como o Parque Municipal Américo Renné Giannetti, o histórico Edifício Maletta, a Praça da Liberdade — uma das primeiras obras da cidade — e a Biblioteca Pública Municipal. Além disso, também leva a órgãos importantes como a Prefeitura de BH.

Rua Rio de Janeiro e São Paulo

Paralela à Rua da Bahia, a Rua Rio de Janeiro liga-se a uma importante via da cidade, a Avenida Afonso Pena e é uma das vias que leva à região da Praça Sete de setembro, coração de BH.

 

Paralela à Rua Rio de Janeiro fica a rua São Paulo, outra importante via que também leva à Praça 7 — esse é o nome popular da praça para os moradores da cidade.

 

Repleta de comércios, agências bancárias e restaurantes, essas são duas das ruas mais movimentadas do centro de BH.

 

É válido notar também que várias linhas de ônibus, que ligam pontos extremos da cidade, passam por essas ruas.

Mercado Municipal fica entre ruas “sulistas”

Não há quem vá a Belo Horizonte que não aproveite para dar uma passadinha no badalado Mercado Municipal. Além das muitas iguarias — queijos, cachaças, carnes —, o grande mercado também é ponto de encontro para aquela cervejinha que o mineiro tanto aprecia.

 

E o Mercado fica entre duas ruas “sulistas”: Santa Catarina e Rua Curitiba que, como se sabe, integram a região sul do Brasil. E é válido observar que ambas as ruas ficam perto da importante Avenida Amazonas e da Avenida Paraná.

 

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*