Imgem reprodução

Nas telonas: filmes que mostram a beleza da Bahia

Da Redação:

A Bahia é um dos estados mais famosos do Brasil. E não é só pela energia contagiante ou pela culinária extremamente saborosa. Por lá, encontramos diversas paisagens baianas fascinantes, que já serviram de cenário para diversas produções cinematográficas nacionais.

 

Os cineastas brasileiros fazem questão de enaltecer o território baiano mostrando a beleza e a singularidade que esses pontos turísticos possui. E claro, a história e cultura da Bahia também são dignas de um verdadeiro espetáculo.

 

Se você tem vontade de conhecer o que, de fato, a Bahia tem, confira a lista de filmes que separamos para ficar encantado. Veja só!

 

O Pagador de Promessas (1962)

 

“O Pagador de Promessas”  é considerada uma das obras primas do cenário brasileiro, isso porque, na época ainda não havia tecnologia suficiente para demonstrar o verdadeiro paraíso que se passa a história.

 

A história de Zé do Burro, interpretado por Leonardo Vilar, rendeu a Anselmo Duarte, a Palma de Ouro do Festival de Cannes,  um dos maiores prêmios do cinema mundial.

 

Na produção, Zé faz uma promessa a uma Mãe de Santo, em um terreiro de Candomblé, quando seu burro e melhor amigo, Nicolau, adoece. Caso o animal se recupere, ele dividirá toda a sua terra e levará uma cruz até a Igreja de Santa Bárbara do Oeste, em Salvador.

 

Durante todo o percurso de Zé do Burro, é possível ver a Salvador da década de 1960 e reparar a beleza histórica que o município possui até hoje.

 

 

 

Gabriela (1983)

Gabriela, Cravo e Canela é uma das obras mais marcados de Jorge Amado. A personagem eternizada pela atriz Sônia Braga na televisão, foi interpretada pela mesma atriz no cinema, com a sensualidade e o carisma único da cozinheira.

 

No filme, vemos a cidade de Ilhéus, no início dos anos 20, já com mais qualidade do que  longa que citamos acima. Vale a pena conferir a atuação de Sônia e admira o que a Bahia tem de mais bonito.

 

Dona Flor e Seus Dois Maridos (1976)

Outra obra de Jorge Amado, passada em Salvador e com Sônia Braga no papel principal, é Dona Flor e Seus Dois Maridos. O longa ficou durante anos no topo das maiores bilheterias do Brasil, alcançando mais de 10 milhões de espectadores.

 

Além das belas paisagens, podemos ver no longa, um pouco da deliciosa culinária baiana, já que Flor é professora na área em Salvador. Aqui vai uma curiosidade. A obra ganhou uma segunda versão em 2017, protagonizada pela atriz Juliana Paes, a mesma que foi responsável por interpretar Gabriela no remake da novela, produzido pela Rede Globo em 2012.

 

Cidade Baixa (2005)

Cidade Baixa é outro filme clássico do Cinema Nacional, justamente por ter Salvador como pano de fundo. O longa dirigido por Sérgio Machado é protagonizado por Lázaro Ramos, Wagner Moura e  Alice Braga.

 

Na história, Deco e Naldinho —  interpretados por Ramos e Moura, respectivamente — são amigos inseparáveis, que trabalham com o transporte marítimo em Salvador. Após uma confusão, envolvendo uma aposta, a dupla conhece Karinna e vive uma curiosa relação.

Ó Pai, Ó (2007)

É impossível falar dos filmes que se passam na Bahia, sem citar “Ó Pai, Ó” , um dos clássicos dos últimos anos. O longa é dirigido por Monique Gardenberg e conta com a direção musical de outro mestre baiano: Caetano Veloso.

 

Protagonizado por Lázaro Ramos, a produção tem em grande parte do elenco os alunos do Bando de Teatro Olodum. No filme, podemos ver fielmente como é a rotina do povo baiano, já que a história se passa em um cortiço no centro histórico do Pelourinho.

 

Música baiana, suingue, humor e belas paisagens não faltam em Ó Pai, Ó. Não é toa que se tornou um dos filmes nacionais mais famosos do mundo!

 

É claro, com os filmes você pode saber um pouquinho do que a Bahia tem!  Mas, para descobrir todos os seus segredos, vale a pena ir até lá e se encantar.

 

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*