Município lamenta ações de vandalismo no novo lago do Parque Ouro Branco em Paranavaí

A Prefeitura de Paranavaí, através de ações integradas entre as secretarias de Infraestrutura, Meio Ambiente, Agricultura e Desenvolvimento Urbano, finalizou na semana passa as obras de infraestrutura do novo lago do Parque Ouro Branco.

Segue após a Publicidade

No dia 21 de dezembro, foi aberto um canal que redireciona a mina de água existente no Parque para o abastecimento do lago. Desde então, o local tem recebido a visita de vários moradores de Paranavaí e até visitantes de fora da cidade, que passam para conferir o novo espaço de lazer público. Mas, infelizmente, o lago já foi alvo de vandalismo nos últimos dias.

“Moro próximo ao lago e venho todos os dias com minha esposa conferir o andamento do abastecimento de água. Na véspera de Natal, no dia de Natal e no fim de semana (sábado e domingo) trouxemos sacos de lixo e ficamos recolhendo o que conseguimos. As pessoas estão jogando de tudo, garrafas pet, garrafas de vidro, embalagens de alimentos e até fraldas descartáveis de bebês. Além disso, grande parte da grama que acabou de ser plantada já foi danificada, arrancada mesmo e jogada dentro do lago, sujando a água. O pessoal amarrou uma corda em uma árvore e ficava se pendurando pra pular no lago, mesmo sabendo que é proibido nadar. E na volta, para subir a encosta da margem, arrancavam parte da grama recém-plantada por conta dos pés molhadas e do vai e vem. Esse tipo de atitude é lamentável”, comenta o secretário de Agricultura do município, Tarcísio Barbosa.

Anuncie aqui 44 99812-7882

É importante destacar que as obras da nova área de lazer com o lago do Parque Ouro Branco ainda não estão finalizadas. O município já finalizou a limpeza do local e a execução das margens do lago com uma escavadeira hidráulica, a barragem para contenção da água, uma caixa de captação para recolher a água da mina e a execução de 230 metros de tubulação para levar a água da mina até o lago, além do plantio de grama nas laterais para conter a terra. Agora ainda estão sendo feitos o calçamento e peitoril ao redor do lago, além da instalação de lixeiras e placas orientativas.

Lembrando que é proibido usar o lago para nadar por conta dos riscos à população. “Nós instalamos vários tubos de concreto no fundo do lago, em vários pontos, além de pedras grandes para ajudar na contenção. O risco de alguém pular e bater a cabeça numa dessas pedras ou tubos, é muito grande, pois não é possível enxergar onde eles estão. Além disso, quando o abastecimento estiver finalizado, o lago deve ter pontos com mais de 2 metros de profundidade e o risco de afogamento também é grande. O lago não foi pensado para as pessoas nadarem nele, foi pensado para ser um espaço de lazer, como vemos em muitas outras cidades”, alerta o secretário Tarcísio.

Galeria de Fotos

 

Leave a Reply