Imagem Ilustrativa

Mulher embriagada grita demais na hora de ato sexual e acaba presa em Apucarana

Uma mulher de 39 anos foi presa por perturbação de sossego, por gritar demais na hora do ato sexual, no início da madrugada desta sexta-feira (07), no Jardim Ponta Grossa, em Apucarana.

Por volta das 00h da madrugada desta sexta-feira (07) a policia militar foi acionada para comparecer na rua Octávio de Sá Barreto no Jardim Ponta Grossa, onde a solicitante relatou que sua vizinha, que mora no mesmo terreno que o seu, estaria gritando muito e que gostaria de representar contra a autora.

No local, a jovem de 23 anos, e seu marido de 26 anos, relataram que dividem o quintal, sendo eles, moradores dos fundos e que a vizinha da frente, de 39 anos, ao realizar sexo com o seu marido, permanecia com a janela do quarto aberta e gritava de forma estridente em direção a residência dos solicitantes lhes perturbando o sossego e deixando a filha do casal constrangida com a situação.

Em conversa com a mulher de 39 anos, a mesma assumiu o fato e acrescentou que o marido da vizinha arremessou pedras em sua janela. Diante dos fatos, ambas as partes foram conduzidas para o Cartório da PM para a lavratura do Termo Circunstanciado.

A mulher de 39 anos, se encontra em visível estado de embriaguez não podendo ser dialogado com a mesma, assim, a noticiada foi conduzida no camburão da viatura.

Fonte: canal 38

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*