Maurício Gehlen afirma que não será candidato a prefeito de Paranavaí

Enquanto o cenário político vai sendo montado para as eleições deste ano, muitas pessoas surgem como possíveis concorrentes à Prefeitura de Paranavaí. Entre os nomes citados estava Maurício Gehlen, do Partido Verde (PV). Ontem, a possibilidade de se candidatar, no entanto, foi descartada por ele.

A decisão, disse, foi tomada na noite de segunda-feira, em parceria com os integrantes da diretoria da empresa em que atua. A explicação passa por uma série de compromissos assumidos por Gehlen e que seriam incompatíveis com a chefia do Poder Executivo, caso fosse eleito.

Primeiramente, ele citou a proximidade da abertura de uma nova unidade da empresa em que é diretor. Falou, também, sobre a Feira Internacional da Mandioca (Fiman), que será realizada em Paranavaí neste ano – ele faz parte da comissão de organização do evento. “Assumi esse compromisso e tem me tomado um tempo significativo”, justificou.

Outro fator que contribuiu para a tomada de decisão de não concorrer à Prefeitura de Paranavaí é a inauguração do Instituto Maurício Gehlen. “Não quero que esteja atrelado à candidatura”, disse. A entidade prestará assistência a idosos, e a previsão é que as atividades comecem a partir de 21 de março.
Gehlen enfatizou que não concorrerá como prefeito nem vice-prefeito. “Meu nome não será colocado nas urnas em 2016”. No entanto, não descartou a possibilidade de ser candidato nas próximas eleições. “Quero ser prefeito de Paranavaí”.

Além de diretor da empresa do gênero alimentício, Gehlen integra a diretoria da Associação Comercial e Empresarial de Paranavaí (Aciap), entidade que já presidiu. Também responde pela coordenação regional da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep).

Fonte: Diário do Noroeste

01

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*