No Paraná, o preço médio do litro do combustível nos postos encerrou a semana passada em R$ 4,50.(Imagem reprodução)

Maringá tem a gasolina mais cara do Paraná, aponta ANP

Maringá, no norte do Paraná, tem a gasolina mais cara do estado, aponta o levantamento de preços da Agência Nacional do Petróleo (ANP), divulgado nesta segunda-feira (24).

Conforme o estudo, realizado por meio de preços coletados na semana passada, o preço médio do combustível em Maringá ficou em R$ 4,80 – 30 centavos acima da média estadual.

A anotação de preços por técnicos da ANP foi realizada em 17 postos de Maringá. Os valores encontrados tiveram variação entre R$ 4,61 e R$ 4,89.

No outro extremo da tabela com o ranking de preços, a gasolina mais barata do Paraná foi encontrada em Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba, com o litro à venda nas bombas, em média, por R$ 4,33 – variando de R$ 4,17 a R$ 4,50.

Na capital, o preço médio do litro ficou em R$ 4,37, variando de R$ 4,24 a R$ 4,59. Londrina tem preço médio de R$ 4,59, com variação entre R$ 4,38 e R$ 4,89.

No Paraná, o preço médio do litro do combustível nos postos encerrou a semana passada em R$ 4,50. Todas as dez cidades com os maiores preços são do interior.

O litro pago pelos maringaenses na gasolina subiu 18,1% em um intervalo de seis semanas – enquanto que em igual período, o preço médio no estado subiu 5,6%.

Na coleta de preços realizada pela ANP entre os dias 29 de julho e 4 de agosto, a gasolina em Maringá estava com preço médio de R$ 4,07 – foi o menor do estado naquele levantamento.

“Já percebemos essa alta. Vamos fazer, inclusive, uma nova pesquisa (de preços) e pedimos para os postos com maior variação neste mês, notas de entrada da compra de combustível.

Para ver se isso está vindo da refinaria, ou seja, se o posto está só repassando o valor mais caro, ou se aumentaram por conta própria – e aí caberiam as sanções legais”, diz o diretor do Procon de Maringá, Felipe Martins.

Etanol

Já o etanol comercializado nos postos de Maringá é o terceiro mais caro do estado, com preço médio de R$ 3,08. O etanol mais caro é o de Pato Branco, a R$ 3,17, seguido por Ponta Grossa, a R$ 3,10.

O etanol mais barato do estado foi encontrado em Campo Mourão, com preço médio de R$ 2,68, variando de R$ 2,44 a R$ 2,89 no município.

O preço médio do etanol de Maringá estava entre os mais baratos do estado nos meses de julho e agosto. No início do mês passado, a ANP encontrou o litro do etanol ao preço mínimo de R$ 2,17 em postos de Maringá.

Na semana entre 29 de julho e 4 de agosto, o preço médio do combustível ficou em R$ 2,44 na cidade, o menor do estado. Desde então, no intervalo de seis semanas, o preço médio do etanol subiu 26% em Maringá.

Em igual período, os preços médios em Curitiba e Londrina subiram 5,9% e 6,2%, respectivamente. No Paraná, nas últimas seis semanas o etanol teve aumento de 6,6% – subindo de R$ 2,71 para R$ 2,89, no preço médio.

Diesel

Cornélio Procópio, no norte do estado, tem o diesel mais caro do Paraná – R$ 3,61 em média, o litro, segundo a ANP. Já o valor mais em conta foi encontrado em Santo Antônio da Platina, a R$ 3,27 o litro. No Paraná, o preço médio do diesel fechou a semana passada em R$ 3,46 – alta de 9,3% em seis semanas.

 
 

Fonte: G1

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*