Em Porto Rico, PMPR orienta donos de marinas sobre medidas para evitar acidentes

Durante o trajeto do reboque das embarcações até a rampa náutica e da rampa para as Marinas, os passageiros devem permanecer sentados, com o som desligado e sem ingerir bebidas alcoólicas.

A Polícia Militar do Paraná (PMPR), em conjunto com a Marinha do Brasil, realizou nesta quarta-feira (21) reunião com representantes das marinas instaladas em Porto Rico, no Noroeste do Estado, para passar orientações sobre a segurança dos banhistas, motoristas e pedestres que circulam pelas ruas da cidade.

Entre as recomendações, que durante o trajeto do reboque das embarcações até a rampa náutica e da rampa para as marinas, os passageiros permaneçam sentados, com o som desligado e sem ingerir bebidas alcoólicas. Caso o dono ou condutor da embarcação se recuse a desligar o som ou se algum passageiro insistir em ficar em pé, a orientação é para que o condutor do reboque pare imediatamente e acione a Polícia Militar, que tomará as medidas cabíveis.

“Nosso efetivo de policiais militares já foi orientado para a fiscalização, que será severa com aqueles que insistem em descumprir as determinações do som desligado e de todos sentados durante o deslocamento das embarcações”, frisou o comandante da 3ª Companhia Independente da Polícia Militar de Loanda, major Alexandro Marcolino Gomes.

A Marinha do Brasil também auxiliará na fiscalização das medidas apresentadas para os donos e responsáveis pelas marinas.

Da redação com informações da AEN