Educadores podem entrar em greve nos próximos dias, diz APP-Sindicato

A direção estadual da APP-Sindicato convocou o conselho estadual da entidade para amanhã (06), para organizar a greve da categoria. O conselho é composto por representantes de base eleitos nos núcleos sindicais, pela direção estadual e representantes do sindicato em outros conselhos. Os demais sindicatos de servidores também já se organizam para definir por mobilizações e paralisações em suas bases.

O governo Beto Richa enviou para a ALEP projeto que desagradou os educadores. De acordo com a APP-Sindicato, o projeto enviado é um ataque muito grave a todos os servidores.

“O Estado deve progressões e promoções e tem uma lei que garante a reposição da inflação deste ano para janeiro de 2017. Não aceitaremos que nos retirem direitos e por isso convocamos a categoria para a greve. Não temos outra saída diante de mais este ataque do governador”, afirma Hermes Leão, presidente da APP-Sindicato.

Ele ressalta que o governo do Paraná já provocou um rombo na previdência com o ajuste fiscal aprovado no fatídico dia 29 de abril e é inadmissível qualquer retirada de direitos, pois osservidores já pagaram esta conta injustamente. O projeto apresentado nesta segunda (03) não está em regime de urgência. O conselho estadual se reunirá para, coletivamente, definir o início da paralisação.


Fonte: Assessoria de imprensa/ APP-Sindicato

sampaio

Leave a Reply