Copel pode voltar a cortar energia de inadimplentes a partir de sábado

A proibição do corte de energia por falta de pagamento só é válida até esta sexta-feira (31), de acordo com a agência reguladora, a Aneel. Mas no Paraná a Copel vai manter o benefício para alguns casos.

A Copel – assim como outras distribuidoras de energia – volta a fazer o corte em residências inadimplentes que não sejam cadastradas nos critérios de baixa renda já a partir de agosto.

Essas unidades receberão um novo aviso na conta de luz. Na prática, o corte ocorre 15 dias depois do aviso, ou seja, os clientes que permanecerem inadimplentes que vem devem regularizar a situação para não ficar sem energia a partir de meados do mês.

Segue após a Publicidade

Mas o governo do estado fez uma revisão da resolução normativa Aneel e determinou a manutenção da proibição de cortes de energia por falta de pagamento para os consumidores com renda per capta mensal de até meio salário mínimo ou três salários totais na família, idosos acima de sessenta anos, pessoas diagnosticadas com coronavírus, ou outras doenças graves, pessoas com deficiência e usuários de equipamentos essenciais à vida, enquanto durar o estado de emergência da pandemia.

Esse prazo atualmente vai até o final de 2020. Trabalhadores informais e comerciantes enquadrados pela lei federal como micro e pequenas empresas ou microempreendedor individual também entram nesse critério. 
O atendimento presencial da Copel volta a partir do dia 3 de agosto.

Fonte: Taroba News/ foto Reprodução

Publicidade

Leave a Reply