Confira os sinais de um metabolismo lento e dicas para se livrar do acúmulo de gorduras, tirando suas principais dúvidas sobre o assunto. Foto: discoverhealth.org

Como identificar o metabolismo lento e conseguir reverter esse problema

 

 

 

Você já conheceu alguém que mantém uma dieta equilibrada e uma vida ativa, mas não consegue perder peso?

 

Isso pode ser culpa de um metabolismo lento.

 

Mas apesar da condição ser indesejável e comprometer o emagrecimento, é possível contar com estratégias eficientes para acabar com o metabolismo lento.

 

Pronta para saber mais sobre o assunto? Siga a leitura na íntegra!

 

 

 

Mas afinal, o que é metabolismo?

 

É comum ouvir pessoas reclamarem que seu metabolismo está lento e isso prejudica todo o processo de emagrecimento. Mas nem todas entendem o que significa metabolismo e muito menos sua influência sobre o corpo – e não somente para a perda de peso.

 

O metabolismo se trata de um conjunto complexo de reações químicas que ocorrem em nosso organismo, fazendo com que o corpo funcione de maneira adequada.

 

Devido a isso, ele acaba sendo um fator chave quando o assunto se refere a engordar ou emagrecer.

 

Isso acontece porque o nosso balanço energético determina a quantidade extra de calorias que não foram aproveitadas no decorrer do dia – e que serão armazenadas na forma de gordura.

 

Assim, quando temos um metabolismo ativo, acabamos aproveitando melhor a energia e prevenindo os temidos acúmulos.

 

Em contrapartida, se o metabolismo é lento, apresentamos dificuldades para a ocorrência de reações químicas e sofremos para perder peso.

 

 

Quais são as causas de um metabolismo lento?

Nosso metabolismo é influenciado por uma série de fatores, como:

  • Sexo;
  • Idade;
  • Peso;
  • Genética;
  • Alterações hormonais;
  • Problemas de saúde.

 

Todas essas influências são consideradas naturais. O grande problema é que a maior causa de problemas metabólicos em indivíduos saudáveis vem sendo o estilo de vida – principalmente a dieta e o sedentarismo.

 

Assim, nossos hábitos são altamente responsáveis pela maneira que se processam nossas reações metabólicas.

 

Geralmente, uma dieta não saudável e desregulada é capaz de deixar o metabolismo bastante lento.

 

Isso ocorre porque tais alimentos não estimulam o gasto calórico e ainda aumentam os picos de glicose na corrente sanguínea.

 

Para piorar ainda mais a situação, os níveis de insulina aumentam e o acúmulo de gorduras é estimulado, prejudicando totalmente os quilinhos marcados na balança.

 

 

Sinais de que seu metabolismo está lento

Para se livrar do problema, primeiro você precisa saber se o seu metabolismo é lento. Confira os sinais que alertam para a situação:

 

 

  • Você ganha peso com facilidade

Como o metabolismo não está acelerado e o acúmulo de gorduras é facilitado, o ganho de peso se torna extremamente fácil – e o emagrecimento é mais difícil ainda!

 

 

  • As celulites não param de surgir

Quando as odiadas celulites costumam surgir em novos locais, o corpo pode não estar trabalhando de maneira adequada para vencer as inflamações – com suas reações bastante prejudicadas.  

 

 

  • A vontade de comer doces é enorme

O metabolismo lento desregula todo o fornecimento de açúcar para o corpo, assim, sentimos vontade de comer doce para compensar as taxas energéticas – principalmente no período da tarde, que demanda maiores quantidades de energia para a realização de todas as funções corporais.

 

 

  • Seus cabelos estão caindo bastante

A queda excessiva de cabelos está muito relacionada com nosso metabolismo e pode indicar a falta de compensação de hormônios importantes. Fique de olho nisso!

 

 

  • As gordurinhas estão se acumulando em novos locais

As temidas gorduras localizadas (principalmente em novos locais) são sinais fortes de que pode estar acontecendo algo errado com seu metabolismo e que o corpo não está dando conta dos processos energéticos naturais.

 

 

  • É difícil emagrecer

Se estiver complicado emagrecer mesmo focando em atividades físicas e em uma alimentação mais equilibrada, isso pode ser sinal de metabolismo lento.

 

Como as reações não estão orquestradas, fica extremamente difícil queimar as gorduras no dia a dia – imagine aquelas que estão acumuladas!

 

 

Como acabar com o metabolismo lento?

Mas como se livrar desse problema? Dê uma olhadinha nas dicas que preparamos:

 

 

  1. Tenha uma alimentação mais equilibrada

A mudança na alimentação é um dos primeiros passos para vencer o metabolismo lento.

 

Foque em um cardápio balanceado e opte por versões mais saudáveis, evitando comidas industrializadas, com excesso de sal e açúcar e também frituras.

 

Se você tiver dúvidas sobre nutrição e sua condição de saúde, procure sempre orientação do médico.

 

 

  1. Capriche nas fibras

O consumo de fibras é excelente para minimizar a liberação extrema de glicose, controlando os níveis de insulina.

 

Além disso, elas promovem o controle da saciedade e fazem com que a ingestão de calorias seja diminuída de maneira natural.

 

 

  1. Opte por incluir alimentos termogênicos em sua dieta

O consumo de alimentos termogênicos é uma ótima forma de acelerar o metabolismo e promover a queima das gordurinhas – com melhor aproveitamento energético.

 

Os alimentos termogênicos queridinhos são:

  • Pimenta;
  • Gengibre;
  • Canela;
  • Café;
  • Chocolate amargo;
  • Chá verde ou de hibisco.

 

  1. Pratique atividades físicas

Os exercícios físicos são promotores de excelentes taxas metabólicas – isso porque os músculos queimam altas taxas de energia para funcionar.

 

Assim, você pode caprichar nos famosos HIIT (de intensidades intervaladas), que prometem queimar as gordurinhas horas depois do treino.

 

A musculação e os aeróbios também são uma ótima opção. Aproveite para escolher aqueles que mais te agradam:

 

  • Caminhada;
  • Corrida;
  • Pedalada;
  • Natação;
  • Dança.

 

  1. Tenha boas noites de sono

Estudos indicam que a regulação dos níveis hormonais (principalmente aqueles envolvidos com o metabolismo de gorduras) ocorrem à noite.

 

Assim, ter boas noites de sono ajudam a manter as reações metabólicas em dia – e ainda aceleram seu metabolismo!

 

Outros aspectos importantes

         Ter o metabolismo lento é um problema que influencia de maneira crucial a perda de peso e também a qualidade de vida.

 

         Se você notar que está com sinais deste problema, pensar em estratégias para alavancar seu metabolismo podem ser uma excelente opção para reverter o quadro e manter os quilinhos em dia.

        

         Caso nada esteja resolvendo, procure sempre auxílio médico – pois algumas condições podem estar relacionadas com desequilíbrios hormonais e problemas de saúde.

 

         Gostou do conteúdo de hoje sobre metabolismo lento? Comente logo abaixo suas dúvidas – estamos prontos para atendê-la!

 

Fonte:

– Dra. Tarissa Beatrice Zanata Petry – CRM 120.565 SP – Endocrinologista
– Dr. Márcio Mancini – CRM 57.605 – Endocrinologista

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*