Caso foi registrado neste sábado (17) em Colorado; investigação inicial aponta que policial vinha sofrendo de transtornos psicológicos. (Imagem recebida via rede social)

Colorado-Policial militar mata filho de oito meses e se mata, diz polícia

Um policial militar matou o filho de oito meses e depois se matou, segundo a Polícia Civil. O crime foi cometido neste sábado (17) em Colorado, no norte do Paraná.

Ainda segundo a polícia, a mulher do agente também estava em casa no momento do crime.

Investigações iniciais apontam que o soltado vinha sofrendo de transtornos psicológicos.

Troca de mensagens de celular trocadas entre a mulher, uma tia e o marido podem ajudar a polícia a entender o que levou o policial a cometer o crime.

Em nota, a Polícia Militar (PM) lamentou o ocorrido e disse que vai trabalhar em conjunto com a Polícia Civil para o esclarecimento dos fatos.

“A Polícia Militar do Paraná está dando todo o apoio necessário à família do soldado por meio do serviço de ação social da corporação, que acompanhará a família e os policiais militares que trabalhavam junto deste soldado na 2ª companhia em Colorado”, diz trecho da nota.

Fonte G1

________________________________________________

ESTADO DO PARANÁ
POLÍCIA MILITAR
3º COMANDO REGIONAL DE POLÍCIA MILITAR
4º BATALHÃO DE POLICIA MILITAR

NOTA PARA IMPRENSA

ASSUNTO: NOTA DE FALECIMENTO

O 4º Batalhão de Polícia Militar lamenta o fato ocorrido que resultou na morte do
Soldado Cristiano Palmieri, de 32 anos, lotado no 4º Batalhão de Polícia Militar, e de seu
filho de 8 meses de idade, na manhã deste sábado (17).
A Polícia Militar foi acionada para o atendimento de uma ocorrência na casa do
soldado e ao chegar no local localizou o mesmo ferido com um disparo de arma de fogo
e a criança com uma grave lesão no pescoço, que resultou no óbito de ambos. O 4º BPM
irá trabalhar em conjunto à Polícia Civil para esclarecimento dos fatos.
A Polícia Militar do Paraná está dando todo o apoio necessário à família do soldado
por meio do Serviço de Ação Social da Corporação, que acompanhará a família e os
policiais militares que trabalhavam junto deste soldado na 2ª Companhia em Colorado.

Maringá, 17 de março de 2018.

Comunicação Social do 4º BPM.

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*