BR-376 – Trecho entre Nova Esperança e Paranavaí vai ser duplicado

O anúncio das obras e assinatura do contrato foi realizado na manhã desta quinta-feira (24),  no Teatro Municipal de Paranavaí

Mais um segmento da BR-376 vai ser duplicado na região Noroeste do Estado, precisamente entre as cidades de Nova Esperança e Paranavaí. O anúncio das obras e assinatura do contrato foi realizado na manhã desta quinta-feira (24),  no Teatro Municipal de Paranavaí durante uma solenidade que reuniu mais de 500 pessoas, entre representantes da concessionária de rodovias VIAPAR, empresa responsável pela administração da rodovia, do Governo do Estado, além de empresários e outras lideranças locais.

O prefeito de Paranavaí,  Rogério Lorenzetti,  destacou a importância da duplicação para a região do arenito, a qual vai beneficiar aproximadamente 300 mil pessoas de forma direta. “O país vive num momento difícil como todos sabemos e ficamos muito contentes ao receber um investimento deste porte.  Isso vai possibilitar que nossa cidade, região, seja interligada com mais qualidade aos grandes centros de negócio do Paraná e do Brasil, além de trazer mais investimento para o nosso município contribuindo para o desenvolvimento. Só temos a agradecer”, discursou.

Da mesma forma o governador do Paraná, Beto Richa, destacou o momento delicado da economia brasileira. “Apesar de todos os problemas estamos pisando no acelerador e anunciando mais esta importante obra, com certeza a mais aguardada de todo o Noroeste do Estado. Sei que o aniversario de Paranavaí é dia 14 de dezembro. Por conta disso, pedi para o Camilo, presidente da Viapar, dar esse presente pra população, iniciar essa importante intervenção antes dessa data. São investimentos que vão trazer uma melhor condição de vida a todos os moradores”,  destacou.

E as obras, segundo o presidente da VIAPAR, Camilo Carvalho, já devem ser iniciadas antes da data solicitada pelo governador. A previsão é que sejam finalizadas em 2017 ao custo de R$ 197 milhões. Ao todo, vão ser duplicados 33 quilômetros (entre os kms 102 e 135), os quais vão  contar com canteiro central de seis metros, além de oito viadutos e trincheiras. “É uma importante obra, realmente muito aguardada pela população de todo o Paraná. Ela só está sendo possível graças ao bom entendimento entre o setor privado, Governo do Estado, DER e municípios”, finalizou.

Fonte Viapar

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*