NASCIMENTO, CASAMENTO E ÓBITO (Imagem da internet)

Agora é possível ter 2ª via de certidão de Registro Civil de qualquer lugar do país sem sair da cidade

A pessoa que precisar da segunda via do registro civil de nascimento, casamento e óbito não tem mais necessidade de se deslocar ou entrar em contato com o cartório onde foi feito assentamento. Agora, através da Central de Registro Civil, o CRC Nacional. O interessado pode requisitar e receber o certidão através do Cartório de Registro Civil da sua cidade.

Este procedimento vale para o Paraná, Acre, Amapá, Amazonas, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pernambuco, Piauí, Rondônia, Santa Catarina e São Paulo.

Segundo Dante Ramos Júnior, do Cartório de Registro Civil de Paranavaí, a expectativa é de que em breve todos os estados brasileiros estejam integrados ao CRC Nacional.

“A instituição e regulamentação do CRC Nacional é uma medida da Corregedoria Nacional de Justiça (CNJ), em atendimento a uma reivindicação da Associação dos Registrados de Pessoas Naturais do Brasil (ARPEN Brasil), a que permitirá aos cartórios prestar este serviço, com rapidez, qualidade e eficiente”, diz Ramos Júnior.

A implantação, em âmbito nacional, do sistema de localização de registros e solicitação de certidões vai permitir a prestação de serviços de forma rápida. “Em média, entre o pedido e a entrega da certidão, demoram no máximo cinco dias”, diz o cartorário.

COM APOSTILAMENTO – O escrevente substituto do Cartório, Carlos Augusto Pereira Lima, informa que com a autorização do CNJ para que os cartórios façam o apostilamento (procedimento pelo qual documentos emitidos no Brasil são reconhecidos no exterior), alguns pedidos de segunda via vem acompanhado também da solicitação de autenticação produzir efeitos legais no estrangeiro.

“Fazemos o translado e o apostilamento. Já tem pessoas fazendo as duas solicitações. Entregamos tudo aqui pronto para a pessoa”, sublinha Pereira Lima. Ele informa também que vem crescendo a procura pelo apostilamento. “Neste terceiro mês que estamos realizando este serviço vamos bater novo recorde”, diz o escrevente.

 

 

 

 

 

Leave a Reply