AGENTES POLÍTICOS E SERVIDORES INVESTIGADOS NA FARRA DAS DIÁRIAS EM CIDADE GAÚCHA, VÃO DEVOLVER AOS COFRES PÚBLICOS CERCA DE 335 MIL REAIS

O Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça de Cidade Gaúcha, celebrou sete acordos de não persecução cível, com três vereadores, três ex-vereadores e um servidor público, para reparar danos causados aos cofres da Câmara Municipal com o pagamento de diárias sem a devida prestação de contas.

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

Foram constatadas irregularidades cometidas entre 2017 e 2019.

Tanto por via judicial quanto extrajudicial, o Ministério Público do Paraná buscou obter o ressarcimento dos prejuízos causados e a responsabilização dos parlamentares. Por fim, os sete vereadores e ex-vereadores concordaram em pactuar a restituição de R$ 250.630,00, parcelados ao longo de dois anos, além do pagamento de multas no valor de R$ 84.756,63. Com isso, os acordos totalizam R$ 335.386,63.

PUBLICIDADE

Outros agentes políticos e servidores investigados por fatos semelhantes que se negaram a celebrar acordos de não persecução cível, continuarão sendo processados pela prática de atos de improbidade administrativa.

Publicidade

Publicidade

Fonte: MPPR
Foto: redes sociais

Com informações do SC Notícias / Informou: Sampaio Noticias

PUBLICIDADE

Leave a Reply