Foto reprodução

7 segredos para casais enriquecerem juntos

Da redação:

Guardar dinheiro e fazer ele se multiplicar é um processo que exige dedicação e, quando feito em dupla, é preciso ainda mais foco e muita parceria. Porém, é possível se tornar um daqueles casais ricos e mudar de vida com a ajuda da relação.

O assunto que é tema de livros deve ser levado a sério na vida a dois e algumas atitudes podem ajudar a conta bancária do casal. Confira 7 segredos para enriquecerem juntos!

1. Identifiquem o perfil financeiro

É preciso conhecer a si mesmo e entender bem sobre seu parceiro. É essencial saber como as pessoas gastam, quais são suas prioridades e objetivos e como trabalham financeiramente para isso.

Não conhecer o perfil financeiro do casal é um dos maiores erros dentro do relacionamento, que pode levar a muitas discussões e falta de foco com o controle de renda.

O perfil financeiro é como cada pessoa lida com dinheiro, seja ela poupadora, gastadora, descontrolada, desligada, financista, entre outros.

2. Falem sobre dinheiro

O diálogo é necessário para toda parte de um relacionamento, inclusive para a questão financeira. É preciso falar sobre dinheiro e ter uma comunicação aberta sobre esse tema.

A falta de conversa sobre dinheiro é tão grande que no Brasil muitos divórcios são causados por questões financeiras.

Entendam as situações financeiras de cada um, qual a visão sobre dinheiro e como as decisões são pautadas nesse tema. Nada como deixar tudo esclarecido e sem barreiras para enriquecer junto.

3. Tenham objetivos

O primeiro passo para alcançar os sonhos e objetivos é saber exatamente quais são eles. Criem objetivos juntos, desde férias, viagens, estudos, filhos e futuro. O importante é ter objetivos que agreguem valor e façam ambos felizes.

Com objetivos definidos torna-se mais fácil traçar um caminho para que ele seja realizado. É importante lembrar que construir planos em conjunto não anula a individualidade de cada um.

É natural que nem todos os objetivos sejam iguais e está tudo bem. É preciso respeitar o desejo do outro e pensar financeiramente para que todas as necessidades sejam contempladas.

4. Criem planos

Com objetivos definidos é importante criar planos para alcançá-los. Por isso, é essencial planejar a vida financeira do casal. É preciso saber de onde estão partindo e onde querem chegar.

Quanto vocês ganham? Quais as despesas fixas e variáveis? O que está sendo poupado e investido? O que pode ser retirado da lista de gastos?

É preciso listar os gastos, se organizarem em dupla e entender o que pode ser mudado para chegar nos objetivos de cada um e do casal.

5. Chequem os hábitos de gasto e tenham disciplina

Para enriquecer é preciso economizar e ter disciplina, por isso, é necessário entender os hábitos de gasto e saber do que se pode abrir mão. São os gastos pequenos, que parecem supérfluos, que podem fazer toda a diferença no planejamento financeiro.

Tente anotar todos os gastos e analisar mensalmente o que está sendo gasto e o que pode ser economizado para investimentos.

Ao entender todas as despesas, criem estratégias e metas de custos e mantenham-se fiéis ao orçamento definido.

Tenham atenção à financiamentos e pagamentos grandes para que eles não se tornem inviáveis graças aos altos juros e deixem de valer a pena com o passar dos anos.

Outro ponto de atenção deve ser o cartão de crédito. Não acumulem dívidas e gastem o que realmente está planejado nos hábitos financeiros, afinal, não saber lidar com cartão de crédito pode ser um grande problema a longo prazo.

6. Poupem

É necessário ter dinheiro guardado, afinal, situações inesperadas podem acontecer. Comecem com 10% de cada salário e aumentem de acordo com os hábitos financeiros, o importante é ter dinheiro guardado para o futuro e situações fora do habitual.

7. Invistam

E claro, mais do que guardar o dinheiro, é preciso fazer investimentos para que ele renda e se multiplique. Pesquise sobre títulos e aplicações, como renda fixa, tesouro direto, entre outros e entenda o que faz mais sentido para o salário e objetivos do casal.

É importante conhecer bem sobre os tipos de investimentos para que eles sejam feitos da forma mais certeira possível.

Pensar financeiramente é importante, seja individualmente ou nos casais. Ter consciência dos gastos é essencial para cortar o que não é necessário e para chegar nos objetivos, sejam eles quais forem.

Aproveite as dicas, entenda seus gastos, planeje a vida a dois financeiramente e tenha sucesso no crescimento e enriquecimento financeiro do casal!

 

 

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*