51º Femup traz Jorge Vercillo a Paranavaí

No dia 13, o 51º Festival de Música e Poesia de Paranavaí (Femup), que vai ser realizado até o dia 19, recebe às 17h, na praça do Teatro Municipal Dr. Altino Afonso Costa, o 1º Encontro de Bateras, com workshop de Vinícius Lordelos e Eliasafe Souza, além de shows das bandas Red Velvet e Causa Própria.

Às 20h30, a Curitiba Cia. de Dança encena o espetáculo “Quando Se Calam os Anjos” no palco do Teatro Altino Costa. No dia 14, às 20h30, é a vez do cantor Jorge Vercillo se apresentar no mesmo local. O ingresso vai custar apenas dois quilos de alimentos não perecíveis, com exceção de sal. Os convites devem ser retirados a partir de amanhã, segunda-feira. No dia 15, o Coletivo Três Marias e a banda Kanis tocam no Teatro Municipal a partir das 20h30.

Red Velvet

Formada por Débora Louize, Luana Maran, Priscila Louzano e Luana Santana, a banda Red Velvet surgiu em Paranavaí no final de 2014. Desde o início a intenção já era fundar uma banda feminina de rock.  Entre as principais influências da banda estão Guns N’ Roses, Led Zeppelin, AC/DC, Deep Purple, Rival Sons e Janis Joplin.

Causa Própria

Fundada em 2012, a banda Causa Própria, que tem um repertório eclético que inclui pop-rock, funk, ska e reggae, se dedica a tocar o melhor da música brasileira. O grupo é formado por Larsen (guitarra e vocal), Ginaldo (trompete flug), Douglas (baixo) e André (bateria).

Curitiba Cia. de Dança
Criada em 2013 por Nicole Vanoni e um grupo de artistas de origem e experiências diferenciadas, a Curitiba Cia. de Dança trabalha com teatro de experimentação e dança contemporânea. Em “Quando se Calam os Anjos”, o grupo realça um universo pós-moderno virtual, onde vários encontros são marcados pelo descaso do outro ou até mesmo pela falência do ser humano.

Jorge Vercillo

É difícil falar em música brasileira da década de 1990 sem citar o nome de Jorge Vercillo. O cantor e compositor carioca é uma importante influência da atual música brasileira. Sua visibilidade cresceu nos anos 1990, quando emplacou sucessos em rádios e em trilhas sonoras de novelas. Chegou ao estrelato nacional quando lançou o seu terceiro álbum, intitulado “Leve”.

Coletivo Três Marias

Criado em 2014, o Coletivo Três Marias tem como missão a disseminação do que existe de melhor se tratando de compositoras e cantoras nacionais. O repertório do grupo inclui releituras de Elis Regina, Clara Nunes, Elza Soares, Roberta Sá, Vanessa da Mata, Novos Baianos, Secos & Molhados, João Bosco, Maria Rita, Chico Buarque, Cartola, Gal Costa e Mutantes, além de outros importantes representantes da música brasileira.
Kanis
Transformar sensações e situações em música. Esta é a proposta do compositor Willian Mattos, idealizador do projeto Kanis, que une rock psicodélico, indie e pop. Intitulado “Parceiros, Amigos, Amores”, o EP do Kanis reúne atributos que agradam desde os fãs mais puritanos até os mais ecléticos do rock. Com personalidade, o projeto é uma boa surpresa no cenário musical paranaense dos últimos anos. Além do vocalista e guitarrista Willian Matos, o grupo é formado pelo baixista Thiago Guglielmi e pelo baterista Hugo Ubaldo.
Saiba Mais

Incentivo: Projeto aprovado no Programa Paraná Incentivo à Cultura – Profice, da Secretaria de Estado da Cultura, Governo do Estado do Paraná.
Patrocínio: Copel – Pura Energia
Realização: Prefeitura de Paranavaí (Fundação Cultural)
Promoção: RPC
Apoio cultural: SESI, Unipar e Arroba Nutrição Animal.

Fonte: Jornal Diário do Noroeste

COMPARTILHE ESTA INFORMAÇÃO!

COMPARTILHE ESTA INFORMAÇÃO!

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*