Foto: Fabiano Vaz Fracarolli

10 mil títulos de eleitor podem ser cancelados

Pelo menos 10 mil moradores de Amaporã, Nova Aliança do Ivaí, Paranavaí e Tamboara deverão ter o Título de Eleitor cancelado por não fazerem a atualização biométrica. O procedimento é obrigatório, e o prazo para o recadastramento termina na próxima sexta-feira (11).
Chefe de cartório da 138ª Zona Eleitoral de Paranavaí, Cristiano Tomaz de Aquino informou que a média de atendimentos nesta reta final é de 800 eleitores por dia. O tempo de espera pode chegar a uma hora, lembrando que não é mais possível fazer o agendamento pelo site da Justiça Eleitoral.
Quem não fizer a atualização dos dados eleitorais sofrerá uma série de restrições civis. Não poderá acessar linhas de crédito bancário, ficará impedido de se inscrever em concursos públicos e assumir cargos públicos e não conseguirá se matricular em instituição de ensino superior.
Sem o Título de Eleitor, o cidadão também terá o CPF cancelado. Assim, não poderá ser contemplado com benefícios sociais, como Bolsa Família, além de perder a aposentadoria. Outra situação: não poderão votar nas eleições de 2018.
De acordo com Aquino, ainda não é possível dizer quando os eleitores faltosos poderão regularizar a situação. Significa que ficarão por tempo indeterminado sem o Título de Eleitor e sem o CPF.
CONSEQUÊNCIAS – A perda dos 10 mil documentos poderá ter consequências negativas para os municípios da Comarca de Paranavaí. A primeira é a representatividade política. Com menos pessoas aptas a votar, menores são as chances de eleger deputados estaduais e federais da região.
Na opinião do presidente do Observatório Social de Paranavaí, Marcos André Garrido Campos, a atualização eleitoral é de extrema importância para o fortalecimento da região. Ele defendeu a ampliação da representatividade política a partir dos votos, por isso, tem incentivado o comparecimento da comunidade ao Fórum Eleitoral.
O prefeito de Paranavaí, Carlos Henrique Rossato Gomes, destacou que “cada pessoa deve fazer o cadastramento para poder votar e cumprir com seu papel de cidadão. A biometria garante que não exista qualquer fraude, dando mais segurança ao eleitor na hora do voto”.
Ele também falou sobre a representatividade política. “São esses representantes que podem nos ajudar a trazer mais recursos para nossa cidade. Para conseguirmos colocar nossos representantes dentro do governo, precisamos que cada pessoa tenha feito o cadastro para exercer o direito de votar”, concluiu o prefeito.
Outro fator de importância enfatizado pelo chefe de cartório da 138ª Zona Eleitoral de Paranavaí diz respeito à vinda de recursos estaduais e federais. Segundo Aquino, há casos em que um dos critérios para a liberação de verbas é a quantidade de eleitores, ou seja, quanto mais pessoas fizerem a atualização, melhor.
DOCUMENTOS – É necessário levar documento de identificação pessoal com foto (RG, Carteira de Trabalho ou CNH) e comprovante de residência atual, podendo ser contas de energia elétrica, água, telefone e cartão de crédito ou ainda correspondência bancária ou comercial.
SERVIÇO – O Fórum Eleitoral de Paranavaí fica na Avenida Heitor de Alencar Furtado, 3.300, no Jardim São Jorge. Até sexta-feira, os atendimentos se estenderão das 9 às 17 horas.

Fonte: Diário do Noroeste

Leave a Reply