Tião Medeiros busca solução para impasse da Usina Parigot de Souza, em Antonina

O deputado Tião Medeiros se reuniu nesta terça-feira (24) com o diretor jurídico da Companhia Paranaense de Energia (Copel), Cristiano Hotz, para tratar de uma solução para o impasse de uma ação pública civil ingressada pela Associação de Produtores Rurais de Antonina (Aspran) contra a companhia. No processo, a Associação pede indenização aos produtores prejudicados pela água liberada pela Usina Hidrelétrica de Parigot de Souza, administrada pela Copel.

Os moradores da região também pedem a recuperação e desassoreamento do Rio Cachoeira e da Baía de Antonina. A Usina Hidrelétrica de Parigot de Souza foi construída no início da década de 1970, na região do Rio Cachoeira.

“Sabemos do problema gerado pela usina aos moradores da região, por isso estamos fazendo a intermediação para resolver o impasse. Temos relatos de água invadindo muitas propriedades, causando prejuízos. Quanto mais rápido isto for resolvido, melhor”, explica Tião Medeiros.

De acordo com o diretor da Copel, a companhia pretende marcar uma reunião em breve com os produtores. “Queremos resolver este problema o mais rápido possível. Vamos reunir as partes para tratar do assunto”, diz Cristiano Hotz.

 

Expo Paranavaí

O deputado também buscou patrocínio da Copel para Expo Paranavaí deste ano. “A Copel já nos ajudou em outras edições. Este é um patrocínio importante para realizarmos uma bonita festa”, afirma Tião Medeiros.

 

 

Fonte: Assessoria de imprensa

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*