Imagem da Internet

Quadrilha que assaltou agência pode ser da região, avalia polícia

Ontem à tarde a Polícia Civil mantinha investigações em vários locais visando desvendar o assalto ocorrido no começo da manhã na agência da Cooperativa de Crédito Sicredi em Guairaçá. O grupo fortemente armado rendeu pessoas e fugiu levando o dinheiro dos caixas.
Conforme as informações da Polícia, pouco antes do início do expediente os ladrões renderam inicialmente o gerente e um cliente. Então, forçaram a entrada na agência, quebrando a porta e rendendo mais seis funcionários, dentre eles, o vigilante.
De acordo com a descrição, os bandidos estavam fortemente armados, mas não atiraram e nem agrediram as vítimas fisicamente. Fugiram em um carro descrito como sendo um Volkswagen Gol modelo novo, levando, além do dinheiro, a arma e o colete do vigilante.  
Diante das primeiras informações, os policiais iniciaram as buscas. Uma das linhas de atuação é que pode ser um grupo da região de Loanda.
REABRE AMANHà– Após o assalto a cooperativa de crédito emitiu nota, através da assessoria de comunicação e marketing, confirmando que ninguém se feriu e que presta toda assistência para as vítimas. Com o assalto e danos causados, não houve expediente ontem e nem haverá hoje, terça-feira. 
A cooperativa avisa que fará os reparos necessários no prédio, reabrindo a agência normalmente a partir desta quarta-feira. Até então, quem precisar de atendimento pessoal deve se dirigir até a agência de Terra Rica, distante pouco mais de 37 km. Também pode recorrer aos atendimentos via internet e aplicativos de telefones celulares.

Fonte: Diário do Noroeste

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*