Prefeitura deu apoio a ação policial que investiga irregularidades cometidas por servidor

Na tarde desta sexta-feira (18), a Polícia Civil, comandada pelo delegado Carlos Henrique Rossato Gomes (K.I.Q.), cumpriu um mandato de busca e apreensão no setor de Tributos da Prefeitura, para reunir documentos e arquivos de computador que possam ajudar na investigação de uma denúncia recebido pelo Ministério contra um servidor público municipal.

“Havia uma denúncia de que um servidor estaria lançando valores irreais para a cobrança do ITBI (Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis Inter-Vivos). O Ministério Público nos comunicou sobre a investigação e orientou, juntamente com a Polícia Civil, para que o município não tomasse nenhuma medida que pudesse prejudicar as investigações. Nós aguardamos as orientações sobre qual o momento correto para instaurarmos processo administrativo e sindicância interna. Esta investigação tem o apoio da administração municipal e só não tomamos nenhuma providência anteriormente para permitir que as investigações se aprofundassem, como fomos orientados”, explicou o prefeito Rogério Lorenzetti.

O delegado K.I.Q. reiterou a participação da administração municipal na operação. “Nós solicitamos, junto com o Ministério Público, que a Prefeitura não tomasse nenhuma providência até que pudéssemos levantar mais informações e constatar as irregularidades, para então podermos cumprir o mandado expedido pelo Judiciário. Montamos uma equipe e tivemos total colaboração da administração para a execução desta ação aqui hoje. Estamos reunindo todos os documentos possíveis para dar continuidade à investigação”, enfatizou.

A partir do cumprimento do mandado, o presidente da Comissão Permanente de Disciplina da Prefeitura, Gilson José dos Santos, baixou a Portaria nº 185/2015, determinando a instauração de processo administrativo disciplinar, em face dos fatos notificados no Inquérito Policial em andamento. O prefeito também já havia determinado esta semana a abertura de uma sindicância interna para apuração dos fatos.


Fonte: Prefeitura de Paranavaí

parceiros 01

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*