Sampaio Notícias

Polícia Militar prende 17 pessoas na terceira fase da Operação Angelus

A Polícia Militar realizou nesta terça-feira (10) a terceira e última fase da “Operação Angelus” que resultou no cumprimento de 20 mandados de busca e apreensão em Paranacity e Cruzeiro do Sul, 24 mandados de prisão e outros de sequestro de bens. A operação teve início em outubro de 2017 e foi desencadeada pelo Ministério Público, com apoio da Polícia Militar através do 8° Batalhão. Desde a primeira fase, foram presas diversas pessoas da quadrilha que atuavam no tráfico de drogas, roubos e homicídios.

As 6h da manhã desta terça-feira (10) equipes da Polícia Militar iniciaram vistorias nas residências e de acordo com a PM, no fim da ação, 18 pessoas foram presas ou apreendidas. Além disso, os policiais recolheram diversas porções de maconha, 42 pedras de crack, 51 celulares, um revólver calibre 38 (com numeração raspada), 18 munições e duas espingardas de fabricação artesanal.

Segundo a PM, 143 policiais militares participaram da ação, sendo eles de toda a área do 8° Batalhão de Polícia Militar, Grupamento Aéreo de Londrina, 4° Batalhão ROTAM e Companhia Choque e Canil de Maringá, 7° Batalhão ROTAM de Cruzeiro do Oeste, 11° Batalhão ROTAM de Campo Mourão, 25° Batalhão ROTAM de Umuarama, 3° CIPM ROTAM de Loanda, 5° CIPM ROTAM de Cianorte.

Ainda de acordo com a Polícia Militar, com o desencadeamento da Operação Angelus e o trabalho desenvolvido anteriormente pelo 8º Batalhão de Polícia Militar na cidade de Paranacity, houve diminuição de 76 % no número de roubos e um aumento no número de apreensões de drogas no município, comparando o primeiro trimestre dos últimos 3 anos ( 2016, 2017, 2018).

Saldo da Operação Angelus

1ª Fase: Durante a primeira fase da Operação, a Polícia Militar prendeu três mulheres e uma adolescente, que atuavam na comercialização de drogas na região de Paranacity.

Segundo a PM, as mulheres presas já eram reincidentes em crimes e foram encaminhadas novamente, uma delas por um mandado de prisão por tráfico e aliciamento de menores; Ainda de acordo com a Polícia Militar, durante esta fase, foi possível distinguir quatro núcleos responsáveis pela distribuição de drogas para serem comercializadas em Paranacity e região.

Quatro homens responsáveis, à época pela atividade, estavam presos, mas se utilizavam de familiares para realizar a comercialização das drogas.  Com a prisão, os responsáveis pelos núcleos criminosos, tiveram que substituí-los para dar seguimento às vendas. Assim  iniciou-se a segunda fase.

2ª Fase: A segunda fase da Operação resultou na prisão de 5 homens e apreensão de 5 adolescentes. De acordo com a Polícia Militar, nesta fase foi possível identificar o principal fornecedor de crack da cidade, que revendia para outros envolvidos já identificados. 

Nesta fase, a Polícia apreendeu arma, drogas, munições e ainda recapturou dois fugitivos da cadeia de Terra Rica, que estavam em um dos pontos de comercialização de drogas em Paranacity.

3ª Fase: A terceira fase ficou marcada pela apresentação, acompanhada de advogado, de um dos autores, de uma tentativa de homicídio contra dois policiais militares, em Paranacity, os suspeitos estavam foragidos.

Segundo a PM, durante a apresentação, ficou comprovado também que o homem teria articulado um homicídio praticado em Paranacity, além disso, teria sido responsável pela comercialização de drogas, em um bairro da cidade, e executado diversos roubos na região.

Ainda de acordo com a PM, também foram apreendidos dois adolescentes, um deles é o suspeito de ser autor do homicídio citado acima e o outro, já havia sido apreendido na segunda fase, foi novamente encaminhado por ato infracional análogo ao crime de tráfico de drogas. 

Fonte: Portal da Cidade Paranavaí

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*