Suspeitos ainda serão investigados por lavagem de dinheiro (Foto: EBC)

PF e MP fazem operação e prendem dois por compra de voto com R$ 99 mil em Ivaté

Duas pessoas foram presas em flagrante em Ivaté (Noroeste paranaense), durante operação conjunta da Promotoria de Justiça de Icaraíma (sede da Comarca) e da Polícia Federal, realizada neste domingo, 2 de outubro – dia das eleições municipais. Os presos são acusados de compra de votos e lavagem de dinheiro.

Na operação, foram apreendidos R$ 99 mil (R$ 33 mil em dinheiro e R$ 66 mil em cheques) – quantia que seria utilizada para “compra de votos” – e um veículo Toyota Hilux 2016. As pessoas presas estariam a serviço de uma das coligações que apresentou candidato a prefeito.

Segundo as investigações, cada voto era negociado por valores variando entre R$ 50 e R$ 100 – o dinheiro seria passado, discretamente, junto com papéis impressos com o nome do candidato favorecido. Foi também apreendido um vídeo feito por telefone celular confirmando a prática do crime.

As duas pessoas responsáveis pela “compra de votos” foram presas em flagrante e encaminhadas para a unidade da Polícia Federal de Guaíra. Além da captação ilícita de sufrágio, os indiciados também serão investigados pelo crime de lavagem de dinheiro, tendo em vista os indícios de origem ilícita do numerário apreendido (um dos autuados possui extenso histórico de envolvimento com a prática do crime de contrabando na região). As investigações terão continuidade, abrangendo os supostos beneficiados.


Fonte: Portal da Cidade Douradina

sampaio

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*