(Foto montagem Sampaio Notícias)

Paranavaí-Polêmicas na eleição da Liga de Futebol entre Chicão e Elmo Spigolon

No dia 10 de março tem a eleição para presidente da Liga Amadora de Paranavaí e dois candidatos se apresentam aos dirigentes das equipes que têm direito ao voto. Seriam oito votos, mas uma equipe estaria com pendências e pode ser impedida de votar.
O primeiro a divulgar o registro da chapa foi Francisco Carneirodos Santos Soares (Chicão) . Atual diretor da Liga, ele refuta a informação sobre o prazo (10 dias antes) para o registro de candidatura levantada por Elmo Mairink Spigolon.
“Nem tem estes 10 dias no estatuto da Liga, pode ser até 48 antes da eleição. Entreguei minha inscrição às 19h do dia 28 de fevereiro ao presidente Renato de Oliveira, ele protocolou e eu levei ao advogado Marcos Antônio Lucas de Lima, que presidirá a eleição no dia 10 de março”, frisou Carneiro.
Para Elmo Spigolon, a chapa concorrente estaria ilegal. “Pelo que o Renato (atual presidente) me falou hoje (sexta), a outra chapa foi registrada no dia 1º. Pelo estatuto, teria que ser até o dia 28, ou seja, 10 dias antes da eleição. E tem o problema de documentação, olhamos e notamos que faltam vários documentos. Nossa chapa está regularizada conforme manda o estatuto e a lei. A deles fere uns cinco artigos do estatuto”.
Além de afirmar que fez o registro de sua chapa no dia 28 de fevereiro, e não neste dia 1º, Francisco Carneiro também nega que não possa ser candidato por ser presidente do Conselho Deliberativo do Atlético de Paranavaí, que teve uma equipe no campeonato de 2017. Disse que o vice, Joel Pimenta, é quem vai votar em nome do ACP.
“Quero pedir ao meu adversário que a eleição seja vencida através dos votos, não ficar atrás de tapetão. Eu não fui ver se a chapa dele está certa ou não. O advogado conferiu a documentação e disse que a minha está certa, agora é só esperar o dia 10. E que vença quem as equipes quiserem”, disse Francisco Carneiro.
O candidato diz ter mantido conversa com quem vai votar, recebendo promessa de apoio. “Pra mim falaram que votarão na minha chapa, mas pode ser que falaram também para a nossa concorrente”. 
CONCORRENTE – O empresário Elmo Mairink Spigolon lidera a Chapa “Uma Nova Liga” e lembra já ter sido presidente da entidade. 
“Na nossa época, era uma das maiores do Noroeste do Paraná. Foi uma época boa, naquele tempo o povo era mais unido, agora de um tempo para cá está prevalecendo a desunião no futebol. Agora estamos tentando a união novamente”.
Elmo Spigolon tentará, segundo ele, “resgatar” não só o Amador, mas também o Varzeano e as categorias de base. “Estamos trabalhando para vencer o pleito. A outra chapa quer continuar e nós queremos renovar muita coisa, quem sabe poderemos aproveitar integrantes da chapa adversária”, afirmou o empresário.
RENATO MIRANDA – O mandato da atual diretoria iria até 2019, mas o presidente Renato de Oliveira Miranda decidiu entregar o cargo um ano antes, alegando problemas particulares. “Entrei na Liga com o vice do Osmar Milanez, fizemos um acordo para ficar dois anos cada um. Ele não quis assumir, então resolvi encerrar o mandato. Estou trabalhando aqui e na região, então tive que me afastar, tenho muito trabalho e a Liga estava me prejudicando”.
O dirigente revela não ser fácil administrar a Liga. “Uns times pagam as taxas, outros não, e aí você pensa em ir para a justiça para receber. Eu gosto do futebol, mas ter que tirar do bolso algo que você não tem é difícil”.
 
Fonte: Diário do Noroeste
 

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*