Município está sem banco após criminosos explodirem quatro agências. População pede aumento no número de policiais militares na cidade. (foto via redes social WhatsApp)

Moradores de Terra Rica procuram lotérica e Correios para sacar dinheiro

 
 

“O jeito é usar a lotérica ou deslocar para Paranavaí ou outra cidade vizinha”, diz Jair Carlos Peres. “Temos que enfrentar fila e ter paciência. Às vezes ficamos quase duas horas na fila”, pontua Rosalina Correa.

É a segunda vez neste ano que a situação ocorre. Conforme a Polícia Militar (PM), a ação foi bastante parecida com a da primeira vez, quando caixas eletrônicos do Itaú, do Banco do Brasil, do Sicredi e do Bradesco foram explodidos. No entanto, desta vez, os bandidos explodiram os cofres dos bancos.

Assim como em agosto, os criminosos também tentaram invadir a Caixa Econômica Federal, mas não conseguiram por conta do sistema de segurança, que lança fumaça quando violado. Os suspeitos conseguiram violar apenas a fechadura e fugiram em seguida.

De acordo com a polícia, enquanto parte da quadrilha fazia as explosões, o restante dava tiros perto do destacamento da PM para desviar a atenção dos policiais.

Depois de mais essa ação, os moradores pedem segurança. “Nós estamos precisando de mais reforço no policiamento na nossa cidade. A nossa cidade está sem policiamento. E se estouram o caixa dos Correios, como é que vamos pegar dinheiro? Vamos ter que andar 60 km para sacar dinheiro? “, pergunta o morador José de Oliveira.

Com as explosões, os comerciantes do município estão apreensivos. Mesmo que os clientes tenham dinheiro para comprar, não conseguem sacar da conta porque não há banco na cidade, e como consequência não gastam. A preocupação do setor é que o dinheiro que seria entregue no município seja gasto nas cidades onde os moradores conseguirem os recursos. Há empresário que já fala em reduzir a quantidade de produtos para manter no estoque.

“Isso é muito triste, foram duas vezes quase seguidas. O fim do ano chegou, estávamos esperando uma melhora, mas fica difícil para a gente trabalhar”, lamenta o empresário Antonio de Castro.

O presidente da Associação Comercial de Terra Rica vai além. “Final do ano sempre há uma injeção de dinheiro no comércio através do 13º salário. Mas, esse ano o comércio de Terra Rica está muito prejudicado”, lamenta Itamar Bregantini.

Retorno dos bancos
O Itaú Unibanco informa que os dispositivos de segurança da agência 3573 coibiram o ataque dos criminosos e evitaram o roubo de valores. A agência segue aberta ao público e operando normalmente nesta segunda-feira. O banco está à disposição das autoridades para a apuração do caso.

A agência do Bradesco em Terra Rica não terá atendimento nesta segunda-feira. O Bradesco está avaliando os danos ocorridos para reestabelecer o atendimento o mais breve possível. Os clientes da cidade podem fazer suas transações na unidade do Bradesco Expresso, correspondente bancário que oferece atendimento em estabelecimento comerciai em horário diferenciado.

Já a Cooperativa Sicred está avaliando os danos causados e ainda não há previsão de retorno das atividades. Enquanto isso, os associados de Terra Rica estão sendo atendidos nas cidades vizinhas e as transações bancárias podem ser realizadas pelo site do Sicredi, por aplicativos, e os saques podem ser realizados nos caixas eletrônicos da rede conveniada Banco 24 Horas.

 

Fonte: G1.com

 

 

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*