Fonte: Diário do Noroeste

Limpeza e uma interrogação

O Diário do Noroeste publicou matéria, ontem, sobre o problema de entulho e lixo a céu aberto na esquina da Rua José Dato (conhecida Estrada Velha São João) com a Rua João Bergamini, perto da Chácara da Catedral Maria Mãe da Igreja, região do Jardim Los Angeles. E ontem uma máquina esteve no local e fez a limpeza parcial já no início do expediente. 
Porém, não se tratou de uma ação do poder público. Um homem que estava no local disse que solicitou a limpeza porque pretende fechar a área com cerca e anexá-la a uma propriedade para criar gado. Em contrapartida, teria o compromisso de manter o espaço livre do lixão a céu aberto que se tornou.
Mas, a intenção do cidadão não deve se configurar. O secretário de Infraestrutura da Prefeitura, Renato Dultra, informa que não houve autorização. Lembra que se trata da via que se tornará uma nova entrada da cidade, como já divulgado e defendido durante a campanha eleitoral.
A região em questão é formada por uma série de pequenas propriedades rurais. No entorno, há bairros residenciais e condomínios de alto padrão. 
Porém, a esquina se tornou ponto favorito de uma parte da população para descartar lixo e entulho irregularmente. 
O problema se verificou quando a queda da ponte sobre o Rio Paranavaizinho interditou a via. Então, uma erosão se formou e nunca mais a estrada foi aberta. 
Um pouco acima do citado lixão, há outros pontos já “anexados” por criadores de gado, inclusive, com uma porteira indicando tratar-se de propriedade particular. 
Na verdade, como testemunhou a reportagem, a velha estrada pouco lembra uma via pública, pois foi tomada pelo mato, “incorporando-se” à paisagem.

Fonte: Diário do Noroeste

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*