INVESTIGAÇÕES APONTAM CRIME PASSIONAL.

A discussão por causa de uma mulher pode ter sido o motivo da morte ocorrida na madrugada de ontem (12) em Paranavaí. Marcelo Mendes da Silva, 43 anos, recebeu quatro golpes de faca e morreu dentro de sua casa na Rua Paulo Ferreira Tavares, Conjunto Francisco Luiz de Assis, saída para Tamboara.
De acordo com as informações da Polícia Civil o autor dos golpes invadiu a casa da vítima por volta da 0h30. Os relatos indicam que ambos discutiram e Silva voltou para o interior de sua moradia para dormir. As duas partes teriam trocado ofensas e ameaças.
O autor dos golpes teria invadido a casa de Silva e começado a confusão novamente. Os golpes de faca começaram a ser aplicados quando a vítima estava no quarto. A briga continuou na sala, aonde Silva morreu. Uma idosa, a mãe da vítima, tentou separar e por pouco não ficou ferida. Na Delegacia ela estava ensanguentada no momento que fazia o registro da ocorrência.
Através do exame de necropsia não foi possível precisar a sequência dos golpes. Porém, foi constatado que as facadas acertaram a mão direita (sinal de defesa), a clavícula e o ombro direito. O golpe fatal atingiu o tórax e perfurou o coração.
O autor dos golpes tem 24 anos e fugiu. Antes ele entrou na sua casa e falou para os pais que tinha assassinado o vizinho. Em seguida, pegou a faca e enterrou no quintal da residência.
O superintendente da 8ª Subdivisão Policial (8ª SDP), Celso Vinicius Klososki, disse que o acusado não tem antecedentes criminais. “Não acredito que ele fugirá. Provavelmente irá se entregar acompanhado de advogado. Caso contrário, não demoraremos para prendê-lo”.
Por volta das 16h de ontem (12) o corpo da vítima foi liberado no Instituto Médico Legal (IML) para velório na capela da Funerária Devile. O enterro acontecerá hoje (13) às 17 horas no cemitério central de Paranavaí

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*