Imagem da Internet

IBGE começa a coleta de dados do Censo Agropecuário 2017

Teve início nesta segunda-feira (2) a coleta de dados para o Censo Agropecuário 2017. Com isso, cerca de 19 mil recenseadores do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) vão a campo levantar informações sobre a estrutura, a dinâmica e a produção de todos os estabelecimentos agropecuários do território brasileiro.

A coleta de dados será feita nos 5.570 municípios do Brasil até fevereiro de 2018. Somente no Paraná serão 1350 recenseadores, para a cobertura de cerca de 372 mil empreendimentos agropecuários. Os resultados devem começar a ser divulgados pelo IBGE em meados de 2018.

O questionário a ser respondido pelos produtores rurais traz perguntas a respeito da área do estabelecimento, número de pessoas ocupadas, utilização de maquinário, emprego de irrigação e uso de agrotóxicos, dentre outros temas.

O Censo Agro é importante porque propicia um conhecimento mais detalhado sobre o setor rural brasileiro. Os resultados subsidiam a formulação e avaliação de políticas públicas, estudos acadêmicos, projetos de instituições de pesquisa e decisões quanto a investimentos públicos e privados.

As informações obtidas junto aos produtores rurais são utilizadas única e exclusivamente para fins estatísticos, jamais sendo passadas para outro órgão do governo ou empresa privada. Quando os resultados são divulgados, a individualidade e a identidade dos informantes são preservadas.

Identificação

Para que não haja dúvidas quanto à identidade dos recenseadores, todos estarão devidamente identificados com colete, boné, crachá e o Dispositivo Móvel de Coleta (DMC) – um smartphone que armazena as informações colhidas no campo e transmite para a rede de computadores do IBGE.

O crachá possui a foto e os dados do pesquisador, bem como um número de telefone e um QRcode para a confirmação das informações junto ao IBGE.

Fonte: O Bem Dito

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*