Entrega de veículos, para o Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) Curitiba,01/06/2016

Governo entrega novos veículos para o Siate e o Samu no Paraná

O Governo do Paraná entregou quatro novos veículos de Intervenção Rápida para o Serviço Integrado de Atendimento ao Trauma em Emergência (Siate) e Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A cerimônia ocorreu nesta quarta-feira (1º) no Quartel do Corpo de Bombeiros, em Curitiba.

O investimento para aquisição dos veículos – camionetes Amarok 4×4 – foi de R$ 715,6 mil e a destinação de recursos para reforçar a frota do Estado não para por aí. Mais 20 ambulâncias para o Siate estão em processo final de montagem e serão entregues nos próximos 60 dias. Até o fim deste ano, o Governo fará mais um investimento para completar o parque de equipamentos da Rede Paraná Urgência de todo o Estado.

Desde o início da gestão, já foram entregues 80 ambulâncias para o Siate, além de equipamentos médicos para pronto-atendimentos, hospitais e unidades de emergência.

“As camionetes 4×4 entregues hoje têm capacidade de chegar a locais de difícil acesso. Elas darão suporte aos bombeiros e socorristas no enfrentamento de situações de maior complexidade que exigem auxílio médico”, explica o diretor da Rede Paraná Urgência da Secretaria de Estado da Saúde, Vinicius Filipak.

De acordo com ele, isso potencializa a quantidade de ocorrências em os médicos poderão estar presentes, beneficiando diretamente a população paranaense. Dois veículos serão destinados ao Siate Curitiba, um ao Samu Londrina e a outra ao Samu Cascavel.

“Cada vez que os nossos socorristas se deparam com situações de maior gravidade e identificam a necessidade de um médico ou enfermeiro, são estes veículos que vão levar os profissionais para o local das ocorrências”, conta o chefe do Estado Maior do Corpo de Bombeiros do Paraná, coronel Juceli Simiano Junior.

De acordo com o coronel, as camionetes são fundamentais no atendimento às vítimas. “O impacto positivo não será apenas no tempo de resposta na ocorrência, mas também na qualificação do serviço que prestado aos usuários”, afirma.

INVESTIMENTOS – A estruturação dos Samus Regionais também é outro destaque da Rede Paraná Urgência. “O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência é uma política federal que tem financiamento tripartite. A destinação de recursos para custeio dos Samus Regionais feita pelo Paraná possibilitou a ampliação do serviço de 15 para 289 cidades no Estado”, ressalta Filipak.

O diretor explica que a reposição de veículos para o Samu é uma responsabilidade do Governo Federal, mas como o Ministério da Saúde não tem renovado a frota dos serviços em funcionamento no Paraná, o Governo do Estado tem auxiliado na destinação de ambulâncias para qualificar os serviços e evitar desassistência.

Os investimentos no atendimento de emergência possibilitaram a redução de 21% da mortalidade por acidentes no Paraná de 2011 até agora. “Com a ampliação e a qualificação do atendimento emergencial à população paranaense, estamos reduzimos a dor e o sofrimento e dando mais chances de sobrevida às vítimas”, finaliza o diretor.

Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:  http:///www.facebook.com/governopr ewww.pr.gov.br

Fonte: Agencia Estadual de Noticias

aa

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*