De acordo com o parlamentar, o barulho traz prejuízos à população, principalmente crianças e idosos (Foto: Ilustrativa)

Deputado quer proibir a queima de rojões e morteiros no Paraná

Curitiba – O deputado Marcio Pauliki (PDT) apresentou nesta segunda-feira (20), na Assembleia Legislativa do Paraná, um projeto de lei que proíbe a queima de rojões e morteiros em todo o Paraná. “Se você possui cães ou gatos com certeza já percebeu como os animais ficam assustados com o barulho provocado pela soltura de rojões, comuns em partidas de futebol, nas festas de final de ano e outras comemorações”, explica o deputado, ao justificar a iniciativa.

De acordo com o parlamentar, o barulho provocado traz apenas prejuízos à população, principalmente crianças e idosos, ao meio ambiente e aos animais. “É preciso esclarecer que a limitação se refere apenas aos rojões e morteiros. A tradição dos fogos de artifício luminosos jamais será superada. Eu sou favorável à sua manutenção, pois ela mantém diversos postos de trabalho em suas fábricas e revendas”, explica.

Pauliki lembra que na última virada de ano a queima de fogos foi responsável pela morte de um filhote de onça no Parque Nacional do Iguaçu. Ele foi esmagado pela própria mãe, que tentava proteger os filhotes do barulho. Os animais domésticos também sofrem de forma exagerada, inadmissível para a satisfação do ser humano. 

O projeto de lei segue agora para apreciação e parecer das comissões técnicas do Legislativo.

Fonte: Alep

 

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*