Os candidatos a prefeito Valdir Tetilla (PMDB) e a vice, vereador Roberto (Pó Royal) Cauneto Picoreli (PMN) acompanhados por Wagner Tetilla e pelo presidente municipal do PMN, Juvenal Pinheiro, ao Diário do Noroeste.

Definida nova chapa para eleições: Tetilla a prefeito e Pó Royal a vice

Depois de muitas conversações, o PMDB e o PMN comemoravam ontem a formação da chapa que deve encabeçar uma coligação de vários partidos para as eleições municipais de 2 de outubro em Paranavaí, com o odontólogo Valdir Tetilla a prefeito e o assistente social e vereador Roberto (Pó Royal) Cauneto Picoreli a vice.
A nova chapa foi apresentada ontem em visita dos dois candidatos ao Diário do Noroeste, acompanhados por Wagner Tetilla e pelo presidente municipal do PMN, partido de Pó Royal, Juvenal Pinheiro.
Nos meios políticos de Paranavaí a formação da nova chapa chegou a causar alguma surpresa, pois na segunda-feira o PMN realizou convenção para lançar a chapa de vereadores e aguardar outros partidos para coligações, com a certeza de que Pó Royal seria candidato à reeleição a vereador, como vinha informando aos que o indagavam a respeito.
Mas, depois de muita insistência, Valdir Tetilla conseguiu convencer Pó Royal a aceitar o convite para vice. “O rapaz deu muito trabalho para aceitar”, disse Tetilla em tom de brincadeira na visita ao DN.
O candidato a prefeito pelo PMDB destacou as qualidades de Pó Royal, o trabalho que ele realiza ao longo dos anos na área da saúde e outros.
“Mas não é só nesse setor que ele poderá contribuir com a administração municipal, como vice-prefeito”, disse Tetilla. “Pela sua experiência, com a participação que tem demonstrado como vereador ao longo dos anos, Pó Royal tem um extenso trabalho reconhecido em vários setores da comunidade. Prova disso é que ele foi eleito vereador e reeleito com a maior votação verificada nas eleições anteriores”, disse Tetilla.
O candidato a prefeito discorreu rapidamente sobre sua filiação ao PMDB, a convite do ex-deputado Teruo Kato. Também falou sobre a administração do prefeito Rogério Lorenzetti, que vem se destacando pela realização de obras.
Para Tetilla, a cidade de Paranavaí está com uma boa estrutura e daqui para frente haverá necessidade de outras obras, é claro, mas também será preciso saber equacionar problemas, sejam eles na saúde, educação, assistência social, planejamento, enfim, em vários setores.
Disse que incluiu isto no rol de bandeiras que pretende defender nessas eleições e implementá-las ao se eleger prefeito de Paranavaí. Para Tetilla e Pó Royal, as novas preocupações incluem dar à estrutura construída nos últimos anos mais humanização e qualidade de atendimento, abrindo espaços para a participação do voluntariado.
Indagados sobre os partidos que compõem a coligação, além do PMDB e PMN, os candidatos preferiram não adiantar a informação. É que boa parte deles ainda não realizou convenções, em que vão decidir sobre isso. (Texto: Saul Bogoni)

Fonte: Diario do Noroeste.

Deixar Comentário

O seu endereço de email não será publicado.Itens necessarios estão marcados *

*